Pesquise neste blog

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

BOLETIM DE OCORRÊNCIA NA REGIÃO NORTE DO DF - SOBRADINHO


PMDF RETIRA MAIS UMA ARMA DAS RUAS DE SOBRADINHO
 

(*)  Romeu Pires


No início da noite de segunda (20), por volta das 19hs, policiais que reforçavam o policiamento no 13º Batalhão de Sobradinho, apreenderam uma arma na DF 440.

 Os prefixos 2706 e 2708, quando patrulhavam no condomínio Serra Verde, foram atender uma ocorrência de ameaça de arma de fogo. No local um indivíduo foi detido portando uma garrucha, sendo conduzido à 13ª DP.

(*) Fonte:  Romeu Pires/PMDF

domingo, 19 de fevereiro de 2017

ARTIGO por José Libério Pimentel


A UNIÃO DOS PEQUENOS

 

O Movimento dos Micros e Pequenos Empresários de Sobradinho teve um de seus pontos altos nesta última quinta-feira, dia 16 próximo passado. Trata-se da Assembleia Geral realizada no Setor de Expansão Econômica, com a presença de mais 300 participantes, o que demonstra um interesse crescente nesta fase de mobilização com o objetivo de encaminhar a proposta da Federação e da Confederação dos micros e pequenos  empresários brasileiros no sentido de direcionar o BNDES (Banco Brasileiro de Desenvolvimento Econômico e Social) para o atendimento desse setor, por ser o setor da economia que segura 95% do desenvolvimento do Brasil e de assentar mais cerca de 750 novos empreendedores de nossa cidade, sendo 650 novos e 100 remanescentes.


 
Estiveram presentes à Assembleia os senhores Henrique Ludovice, Diretor-geral do DER-DF, que garantiu a construção do viaduto de ligação do Setor a Sobradinho e o senhor Alencar, presidente de Federação dos Micros e Pequenos empresários do DF, que falou com muita ênfase sobre a necessidade premente de o BNDES passar a priorizar em seus empréstimos quem carrega o Brasil nas costas, ou seja, os micros e pequenos empresários brasileiros e não os setores já altamente favorecidos de nossa economia, como sempre tem acontecido.

Alencar é um dos fundadores do movimento reivindicatório dos micros e pequenos empresários do Distrito Federal e continua em plena atividade, dando suporte a todas as lutas do setor e é muito claro e direto quando fala do assunto BNDES.

Alencar esclarece: “O BNDES continua trabalhando sob um modelo totalmente ultrapassado, elitista, que beneficia apenas o grande, principalmente o grande que não tem compromissos com o desenvolvimento sustentável de nossa nação. Estamos nessa luta incansável para mudar esse modelo e temos certeza de que vamos conseguir, pois o Brasil precisa desse resultado positivo. Lutamos para que o BNDES se torne verdadeiramente um banco de fomento para os 95% do empresariado que carrega o país nas costas. Nossa proposta é para que esse banco financie a compra do terreno para o micro e pequeno empresário, construa o galpão para ele e lhe empreste dinheiro para seu capital de giro, com juros subsidiados, com 3 anos de carência para começar a pagar e 20 anos para concluir o pagamento”.

O importante de tudo isso é que o movimento começa a tomar peso, a exemplo do que aconteceu na vitória da primeira fase da criação do Setor de Expansão Econômica de Sobradinho, numa memorável luta que teve início em 1989 e concluiu a primeira etapa em 1994 e continua tão vigoroso quanto antes com o objetivo de formar o polo comercial e industrial de nossa cidade.

(*) Fonte: José Libério Pimentel - Fotos: Divulgação – ( Especial para o Blog Diário e Jornal de Sobradinho – Edição nº 318 ) .

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

EXTRA!!! EXTRA!!!


Já em circulação a edição nº 317 do Jornal de Sobradinho referente a Segunda QUINZENA de Fevereiro de 2017. Confira:







(*) Pegue seu exemplar, na banca mais próxima de sua residência, essa é uma cortesia dos patrocinadores, apoiadores e do editor do Jornal de Sobradinho.

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

BOLETIM DE OCORRÊNCIA NA REGIÃO NORTE DO DF - SOBRADINHO


PMDF RECUPERA VEÍCULO ROUBADO NA BR 020 PRÓXIMO À SOBRADINHO

(*) Jued Lima

Um veículo foi recuperado, nesta quinta-feira (16), por volta das 2h50, na BR 020, próximo à Sobradinho.

Policiais Militares do 14º Batalhão receberam informações sobre um veículo tomado por assalto.

Durante as buscas um carro com as mesmas características foi localizado e após perseguição uma pessoa foi presa e o carro recuperado.

O detido foi encaminhado para autuação.

(*) Jued Lima/PMDF

BOLETIM DE OCORRÊNCIA NA REGIÃO NORTE DO DF - SOBRADINHO


PMDF PRENDE HOMEM APÓS ROUBO NA RODOVIÁRIA DE SOBRADINHO

(*) Jued Lima

Um homem foi preso após roubo, nesta quarta-feira (15), próximo à rodoviária de Sobradinho.

Policiais militares do 13º Batalhão realizavam patrulhamento e avistaram uma pessoa em atitude suspeita.

Submetido a abordagem e busca pessoal foram encontrados um facão, uma faca menor e constatado que ele era o autor de um roubo.

 
 
(*) Fonte: Jued Lima/PMDF

UTILIDADE PÚBLICA



Interrupção no fornecimento de água de Planaltina - 17/02

A Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal - Caesb comunica que realizará melhoria no sistema de abastecimento de água na próxima sexta-feira (17/02/2017) e, para isso, o abastecimento de água será interrompido das 8h às 12h nas seguintes localidades:

Planaltina:

Vila Vicentina e Vila Buritis I, exceto o Hospital.

A Companhia informa, ainda, que toda unidade usuária deverá contar com reservação de volume mínimo correspondente ao consumo médio diário, de acordo com o artigo 50 da Resolução da Adasa nº 14, de 27 de outubro de 2011, que estabelece as condições da prestação e utilização dos serviços públicos de abastecimento de água e de esgotamento sanitário no Distrito Federal. Com isso, os usuários não deverão ser afetados pela interrupção no fornecimento de água. Segundo o Parágrafo Único, o usuário é responsável pela limpeza e desinfecção da instalação predial de água e do reservatório predial antes da ligação definitiva de água, e posteriormente pela limpeza e desinfecção semestral do reservatório predial.

(*) Mais informações pelo número: 115.

BOLETIM DE OCORRÊNCIA NA REGIÃO NORTE DO DF – SOBRADINHO


ÁGUIA-33 APREENDE MENOR, APÓS ELE ROUBAR VEÍCULO NA QUADRA 08 DE SOBRADINHO, COM ARMA DE BRINQUEDO.


Por volta das 18h de quarta-feira, 15/02, policiais militares do Serviço Velado do 13º Batalhão de Polícia Militar de Sobradinho, Águia-33, apreenderam um menor de idade por roubo de veículo, na quadra 08, nas proximidades da loja Real Acessórios, em Sobradinho. O menor praticou o delito com uma arma de brinquedo e foi apreendido na DF 420, após perseguição policial, em um percurso de cinco quilômetros.

Os policiais do Águia-33 realizavam patrulhamento na quadra 07 de Sobradinho, quando ouviram pelo o rádio da viatura, uma ocorrência de roubo a um veículo VW Gol, cor preta, na quadra 08, no estacionamento da loja Real Acessórios, por um indivíduo armado com arma de fogo e deslocaram ao endereço.

A equipe ao se aproximar do local do crime, se deparou com o veículo roubado e um indivíduo no seu interior. Foi dado ordem de parada ao indivíduo, porém ele não obedeceu e fugiu em disparada, em direção a Sobradinho II. Houve perseguição policial durante um percurso de cinco quilômetros e com apoios dos demais prefixos de serviço em Sobradinho, o veículo foi interceptado e o condutor abordado.

O condutor, menor de idade e morador de Planaltina, foi apreendido e no interior do veículo foi apreendido um simulacro de arma de fogo e o celular da vítima. Ele foi conduzido à DCA e autuado em flagrante pelo ato infracional análogo ao crime de roubo a veículo.

(*) Fonte: Claudio Martins/ Blog Informativo Flagrante

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

CONCURSO


 
Inscrições para o concurso da Terracap

começam amanhã

 
A Agência de Desenvolvimento do Distrito Federal (Terracap) dá continuidade ao concurso público para provimento de cargos de nível médio e superior, para contratação imediata e formação de cadastro de reserva. As inscrições começam em 15 de fevereiro e vão até 30 de março. As provas para os cargos de nível superior ocorrem em 7 de maio de 2017 e as de nível médio serão aplicadas em 14 de maio. O concurso oferece 33 vagas, sete para nível médio e 26 para nível superior, para contratação imediata.

Para os cargos de nível médio o salário é de R$ 7.951,13. Para os de nível superior, R$ 11.717,56. O concurso oferece vagas para administrador, analista de sistemas, arquiteto, contador, economista, psicólogo, publicitário e engenheiro, em diversas especialidades de atuação, como engenharia agrônoma, engenharia ambiental, engenharia civil, entre outras.

Os cargos de nível médio são direcionados para técnico administrativo, técnico em fiscalização e topógrafo. O Instituto Quadrix é o responsável pela organização do concurso. O edital na íntegra pode ser encontrado no site do Instituto (www.quadrix.org.br), ou no site da Terracap, no menu “Estudos e projetos” (www.terracap.df.gov.br). Mais informações pelos telefones 61- 3342-2013 e 3342-2014.

(*) Fonte: Ascom/Terracap

JÁ EM CIRCULAÇÃO...


EXTRA, EXTRA!!!!









Já em circulação a edição nº 316 do Jornal de Sobradinho referente a primeira QUINZENA de Fevereiro de 2017.

EXPOSIÇÃO


SOBRADINHO 57 ANOS - CIDADE ARTE

 

(*) Toninho de Sousa
 

A Galeria Vincent Van Gogh, da Administração Regional de Sobradinho –DF, abre ao público do Distrito Federal e do mundo a primeira mostra antecipada comemorativa pela passagem do aniversário da cidade que acontecerá no dia 13 de maio deste ano. A mostra estará aberta por um período de quatro meses com o objetivo de dinamizar a visitação e ampliar a atuação da Galeria no recebimento dos amantes da arte brasileira e grupos de estudantes de escolas, faculdades e universidades públicas e privadas da região norte e cidades vizinhas que passarão a conhecer melhor seus artistas e o resultado do processo produtivo dos artistas radicados na Cidade Arte.
 

O Curador, espera com esta grande exposição, abrir um novo caminho no surgimento de novas galerias públicas para que se crie um intercâmbio cultural entre as regiões administrativas do DF.


A origem desta mostra, veio com a ideia de retomar a vertente eufórica produzida por estes e outros artistas plásticos na década de noventa quando a cidade viu brotar os grandes murais nas “Paradas de Ônibus” na imaginação fértil de cada um. Antes daquela data, a nossa comunidade não conhecia seus artistas. E, assim, Sobradinho passou a ser conhecida como um “celeiro de artistas do DF” e depois da efervescência cultural recebeu a denominação de “Cidade Arte”, nome cultuado por seus moradores desde aquela época.

A iniciativa de reunir onze artistas contemporâneos para ficar durante quatro meses em exposição se constitui em ocupar uma das melhores galerias do DF, que divide a parede com a Biblioteca Pública de Sobradinho que recebe diariamente em pesquisa e estudos, estudantes de inúmeras escolas da região.

A importância desta mostra é qualidade das obras expostas, considerando que a liberdade de expressão dada aos artistas na seleção de suas últimas produções e obras do acervo pessoal que são significativas dentro de suas trajetórias artísticas. E assim, a mostra é composta por pinturas, gravuras, esculturas, desenhos, objetos, “ready-mades” e instalações.  Um fato unânime entre os artistas, se relaciona com a cumplicidade de serem veteranos das artes visuais locais. É importante salientar que Sobradinho possui dezenas de artistas que ocuparão a mostra coletiva “Retratos da Cidade” que será comemorativa ao Aniversário de 57 anos no mês de maio deste ano, na sede da Administração Regional de Sobradinho.

Foram convidados pela Curadoria, para participar desta mostra, os artistas ARLINDO CASTRO, EMICLES NOBRE, FERNANDO SANTOS, FRANCOY JUNIOR, GILSON FILHO, J. VICENTE, M. KALIL, NOGUEIRA DE LIMA, THOMAS RITTER e TOM MELLO.

 

ARLINDO CASTRO

 

Os trabalhos de ARLINDO CASTRO, são a expressividade do seu dia a dia circulando pela cidade ou no paraíso de sua chácara, onde o seu olhar capta a beleza que transporta para as telas, nas diversas técnicas que absorveu com sua versatilidade nas artes visuais. Este artista paranaense das artes visuais, desde que chegou na cidade, experimentou vários estilos e investiu um período de sua trajetória na pesquisa da técnica da cerâmica onde idealizou um mural na entrada da Biblioteca Pública de Sobradinho.  Outra obra de grande importância, é um mural que se encontra na fachada da Administração Regional de Sobradinho.  Suas obras ocuparam centenas de mostras em Brasília onde recebeu vários prêmios e citações críticas e atravessaram as fronteiras do DF, em exposições por São Paulo, Goiás e Rio de Janeiro.

 

EMICLES NOBRE

 

EMICLES NOBRE, um artista cearense que iniciou sua trajetória com desenhos em quadrinhos, charges, ilustração de capas de livros e revistas. Teve sua primeira participação nas artes plásticas em um Salão de Artes Plásticas da Universidade do Pará em 1963, recebendo um Prêmio de Honra ao Mérito. Um artista inquieto que circulou o Brasil passando pelo Belém do Pará, São Luiz do Maranhão, Recife, Salvador, Mato Grosso do Sul, Belo Horizonte e São Paulo. Mas, Sobradinho foi onde se instalou para levar sua obra para fora do país. Esteve em estudos em Miami, Orlando e Caribe. Autor do Mural “Vida” da Biblioteca Pública de Sobradinho - Galeria Vincent Van Gogh. Sua versatilidade se destaca no uso de material de sucata para produzir esculturas com objetivo de denunciar os problemas sociais de segurança, saúde e do inseto transmissor da “zika”. Você poderá aprofundar na pesquisa deste artista visitando o site: www.emiclesnobre.com.br

 

FERNANDO SANTOS

 

FERNANDO SANTOS (FERNANDO DE OLIVEIRA SANTOS) É um artista natural de Goiânia, que mora atualmente em Sobradinho – DF. Sua produção experimental tem exposto no centro oeste e alcançado a região de São Paulo.  Um artista que foge das imagens tradicionais sempre em procura do inusitado e de formas enigmáticas do seu processo artístico. Fernando Santos, sempre manteve um pouco isolado no processo da arte urbana, porém é um frequentador assíduo do atelier do Artista Arlindo Castro que tem a magia de aglutinar artistas em seu local de produção.
 

FRANCOY JUNIOR
 

Francoy Junior, é um artista plástico que busca pintar a realidade que envolve a sua contemporaneidade. Nos últimos meses esteve frequentando e pintando no atelier do artista Arlindo Castro em um processo de observação da natureza e das pessoas que povoam o seu mundo pictórico para fazer parte de suas últimas produções que estão nesta mostra. Um artista que sempre participou dos projetos de artes visuais nas últimas décadas, mesmo com sua mudança para a cidade de Natal no Rio Grande do Norte. Sempre esteve participando das coletivas de Aniversário da Cidade na Galeria Vincent Van Gogh ou nos projetos de Paradas de Ônibus.
 

GILSON FILHO
 

GILSON FILHO, artista plástico natural do Rio de janeiro, começou a expor seus trabalhos de arte desde 1996. Sua primeira experiência foi como desenhista de arquitetura, utilizando técnicas de aero grafia e posteriormente teve a oportunidade de experimentar o óleo e acrílica sobre tela. A sua primeira participação na cidade de Sobradinho se deu em 2002, e motivado com sua arte abstrata geométrica, idealizou várias mostras em espaços culturais do DF, em especial no Saguão do Palácio do Buriti, Foyer do Teatro Nacional Claudio Santoro, Espaço Cultural do  Manhattan Plaza, Anatel, APAE/DF, Galeria do Templo da Boa Vontade, Faculdade ESPAM (Sobradinho),Academia da PCDF, no  SESC 504 sul, e na Galeria do INCRA comemorando o aniversário de Brasília em 2008.
 

J. VICENTE
 

J. Vicente nasceu no Rio de Janeiro e sempre se encantou com a variedade de cores estampadas nas favelas cariocas, em especial o morro da providencia, motivo principal que o fez desenvolver toda sua trajetória abordando este tema de forma figurativa até chegar a deformação das imagens e naturalmente, chegou à abstração de seus elementos principais. Tem participado de inúmeras mostras coletivas em Brasília nos últimos cinco anos. Foi um dos coordenadores dos Salões de Artes Visuais das Cidades Administrativas que aconteceram em Sobradinho na Galeria Vincent Van Gogh. Mora em Sobradinho e gosta de experimentar diversas técnicas. A pirografia é uma técnica que adotou para produzir uma fase de favelas sobre MDF.                 J. Vicente gosta de apropriar de objetos para transformar em obras de artes.  A pintura abstrata é o seu forte, porém está sempre experimentando novas técnicas para acompanhar a evolução das artes visuais.

 

NOGUEIRA DE LIMA

 

NOGUEIRA DE LIMA, de São Miguel do Rio Grande do Norte, começou a desenhar, pintar e esculpir em madeiras, concreto e metais desde 1970. Sua primeira exposição em Brasília foi em 1972, e sua experiência internacional começou em 1985 no Concurso Internacional do Ministério de Cultura do Iraque. Naquele mesmo ano, expos no Museu de Arte de Brasília. É um dos escultores que obteve inúmeros prêmios   aquisições no V, VI e VII Salão das Cidades Satélites. Teve participação no 7º Salão de Artes Plásticas do Ceará. Suas esculturas esculpidas em madeira, sempre foram inspiradas nos costumes nordestinos e sua pintura expressa em sua magia os detalhes e momentos cotidianos da cultura brasileira. Desde 1977, que Nogueira de Lima participa de mostras pelo aniversário de Sobradinho. Conheça o artista visitando: https://www.facebook.com/ValdemorNogueira?fref=ts

 

M. KALIL

 

“M. Kalil – Raimunda Gomes Kalil – nasceu em Floriano-PI, onde concluiu o Curso Normal. Reside em Brasília desde 1960, tendo fixado residência em Sobradinho, no ano de 1966.

Começou a se dedicar à pintura em 1961, como aluna do professor e renomado artista peruano Félix Alejandro Barrenechea Avilez. Em seguida, fez Curso de Desenho Objetivo I e II, Curso de Xilogravura e de Gravura em Metal na Universidade de Brasília – UnB; Curso Livre de Artes Plásticas na Faculdade de Artes da Universidade Federal de Goiás; Curso de Desenho no Colégio do Setor Leste; Curso de Artes Plásticas no Festival de Ouro Preto em 1969; Curso de Decoração em Painéis de Cerâmica no CETEB-DF, entre outros.

Realizou exposições individuais em Brasília, Goiás, Piauí, Santa Catarina, Rio de Janeiro e dezenas de coletivas por alguns estados do Brasil – PI, PR, RJ, SC, GO e DF – como também no exterior, destacando-se as “Third Brazilian Art Exhibition” na Bloomsbury and Dixon Galery e “Art Exhibition of Nottinghan University” de Londres.

M. Kalil possui várias obras em importantes coleções do Brasil e do Exterior e é membro-fundadora da Associação de Artistas Plásticos do DF e ganhou uma Sala com seu nome na Galeria VINCENT VAN GOGH de Sobradinho-DF.”

 

TOM MELLO

 

Tom Mello é um artista que mora em Sobradinho e tem a qualidade especial de expressar suas obras de artes de forma figurativa da realidade em que vive. Tem buscado novas soluções para produzir suas obras recentes, que esteve em exposição na sede da Administração no final do ano passado. Tom é um artista versátil, além de sua produção de pinturas e colagens, tem se dedicado a pintar camisetas exclusivas para os   fãs de sua arte. É um artista versátil e realiza oficinas de artes para divulgar suas múltiplas habilidades técnicas nas artes visuais.

 

THOMAS RITTER

 

Thomas Ritter, é um artista plástico que sempre conviveu desde pequeno com a arte. E sua maior força vem pelo gosto das técnicas de gravura de metal, sua especialidade desde que atuava como professor de artes visuais na cidade de Sobradinho. Uma outra importância deste artista, vem de sua participação no processo de criação e inauguração da Galeria Vincent Van Gogh na década de 80 na Administração do Dr. Iran. Hoje, o artista se isolou em uma chácara para produzir e catalogar toda sua produção que fará parte de um grande atelier que está sendo planejado para visitação pública. Thomas Ritter sempre participou de todas as mostras coletivas de aniversário da cidade na Galeria Vincent Van Gogh e seu trabalho se encontra em coleções particulares, no país e em outros países europeus. Sua trajetória artística sempre foi laureada de distinções e participações em salões de artes e mostras coletivas e individuais por vários estados do Brasil.

 

TONINHO DE SOUZA

 

 

TONINHO DE SOUZA é um baiano que chegou em 1960 em Sobradinho. Hoje, é um Artista Plástico brasileiro de renome internacional de característica multimídia. Desenvolve pintura, escultura, gravura, objeto, instalação, fotografia, Possui dezenas de prêmios aquisições, Prêmios de Viagem no País e de Viagem à Europa, promovida por salões de artes. Já expos nas principais Capitais do Brasil e em mais de 10 países (Europa e América do Norte). Seu destaque se deu na década de 80, com a “Melanciacultura” e no ano de 1993, a linguagem artística do “Melantucanarismo” lançando dois livros de sua autoria. Em 2016, criou a linguagem artística da Arte Pós Contemporânea com manifesto no Espaço Chatô, da Fundação Assis Chateaubriand. É detentor da Comenda Cultural do DF e Cidadão Honorário de Brasília pelo destaque cultural. A obra de Toninho de Souza é conhecida nos seguintes países:  Estados Unidos, Rússia, França, Alemanha, Moçambique, Quênia, Espanha, Itália, Portugal, Áustria, Índia, Austrália, Ucrânia, Malásia, Irlanda, Colômbia, Argentina, Bélgica, Suécia, Japão, China, Porto Rico, Reino Unido, Catar, Chile, Emirados Árabes, Iugoslávia, Iraque, México, entre outros. Visite sua biografia no http://blogdotoninhodesouza.blogspot.com.br/.
 











(*) Fonte: Toninho de Souza – Curador e Artista Plástico  (61)-993431355 - Fotos: Eduardo Nobre/JS

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Associação Brasileira de Ouvidores agora no Distrito Federal

Associação Brasileira de Ouvidores Seccional Distrito Federal elege nova Diretoria.
Durante assembleia geral extraordinária na manhã desta segunda-feira (13), no auditório do SECC da 504 Sul, o foi eleita a nova Diretoria da Associação Brasileira de Ouvidores Seccional do Distrito Federal para o biênio 2017 a 2019.

 
A abertura da Assembleia teve a participação do Senador e Presidente da FECOMÉRCIO, Adelmir Santana que deu as boas-vindas aos Ouvidores, parabenizou a iniciativa e falou sobre o papel estratégico das ouvidorias “há 10 anos criamos as Ouvidorias do SESC DF e SENAC DF, desde então tenho procurado dar toda a força necessária à questão das Ouvidorias e entendo que quem não o faz, não está focado no futuro. Tenho dito sempre isso, sobre a importância da reputação”, reforçou Santana sobre o papel das Ouvidorias.
A Chapa eleita, ABO Capital, apresentou seu plano de metas para o próximo biênio que contou, sobretudo, com o fortalecimento das Ouvidorias e apoio aos Ouvidores e suas equipes para que exerçam suas atividades com total legitimidade, sejam em instituições públicas ou privadas.
É por isso, que a nova diretoria tem uma composição plural e abrange membros de diversos nichos institucionais:
Presidente - Josué Fermon, Ouvidor e Conselheiro da ABO Nacional.
Vice-Presidente – Promotora de Justiça, Ouvidora do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios e Presidente do Conselho Nacional de Ouvidores do Ministério Público – CNOMP.
Diretora de Comunicação Institucional – Danielle Ventura, Ouvidora da União Brasiliense de Educação e Cultura – UBEC e membro da ABO Nacional.
Diretora de Promoções e Eventos – Mariete de Oliveira, Ouvidoria do SESC DF.
Diretor Administrativo – Paulo Alexandre, Ouvidor da Ordem dos Advogados do Brasil DF.
Diretor Financeiro – André Luiz Teixeira, Ouvidor da Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste (Sudeco).
Conselheiros:
José Reis – Ouvidor Geral do Governo do Distrito Federal.
Cinara Gomes de Oliveira – Ouvidora do SENAC DF.
Ana Maria Moreira da Silva, Ouvidora do DFTRANS
Carlos Alberto Júnior - Ouvidor do Ministério da Cultura
José Raimundo de Almeida Santos, Ouvidor do Zoológico de Brasília
Paulo Rodrigo Ribeiro Guimarães, Ouvidor do Hospital da Universidade de Brasília.

INFORME PUBLICITÁRIO


(*) JS/Welber - Arte/Diagramação

ARTIGO por Henrique Matthiesen


A subjetividade do tempo.


(*) Henrique Matthiesen 


Nada é mais íntimo do que a percepção do tempo de cada individuo, subjetivo em sua literalidade, pois cada um tem o seu tempo, e o conjectura conforme o tempo a que o dedica, às suas aflições, emoções, realizações, obrigações.

O grande dramaturgo William Skakespeare pondera: “Não, Tempo, não zombarás de minhas mudanças! As pirâmides que novamente construíste. Não me parecem novas, nem estranhas. Apenas as mesmas com vestimentas.”

Mario Lago, em sua reflexão temporal, propõe um acordo: “Fiz um acordo de coexistência pacífica com o tempo: Nem ele me persegue, nem eu fujo dele, um dia a gente se encontra.”

Musicalizado pela Legião Urbana, cantaram: “Todos os dias quando acordo. Não tenho mais o tempo que passou. Mas tenho muito tempo. Temos todo o tempo do mundo.”

O tempo nada mais é do que uma medida, com critérios, por quanto o tempo é a medida da vida.

Desprendido como um grande intelectual, mas ciente das medidas impostas pela existência, Darcy Ribeiro verbalizou o tempo como:

“Presente, passado e futuro? Tolice. Não existem. A vida é uma ponte interminável. Vai-se construindo e destruindo. O que vai ficando para trás com o passado é a morte. O que está vivo vai adiante.”

O tempo estabelece o sentido da existência humana, muda conforme a compreensão. Para o judaico-cristianismo, o tempo é a ante-sala do apocalipse, a batalha final de Deus contra a iniquidade humana. É uma escolha moral ou ética, ou simplesmente, desconectada de valores.

Zeca Pagodinho, externa isso quando verbaliza: “Deixa a vida me lavar. Vida Leva eu.”

No contraponto, Geraldo Vandré, desafiou: “Quem sabe faz a hora, não espera acontecer.”

O galanteio do tempo presente como a excepcional medida do experimento humano, ou a desambição ao pretérito, o carpe diem, é uma opção. O holocausto do presente em troca de uma recompensa no vindouro (seja ela moral, a salvação, ou material, o enriquecimento) é, também, uma preferência individual, intransferível, inalienável, invendível.

Sintetizado de forma magistral o poeta, rebelde, polêmico e boêmio Cazuza obviou o tempo, ao mergulhar em sua exata funcionalidade para humanidade, “O TEMPO NÃO PARA” seja para a eterna disputa do bem contra o mal, das escolhas valorativas ou profanas, o tempo é implacável, seja em qualquer medida.

(*) Fonte: Henrique Matthiesen  (foto) é  Bacharel em Direito e colabora com o Jornal de Sobradinho 

domingo, 12 de fevereiro de 2017

BOLETIM DE OCORRÊNCIA NA REGIÃO NORTE DO DF - SOBRADINHO


HOMEM TENTA FAZER ESTOQUE DE BEBIDAS, MAS ACABA PRESO PELA PMDF EM SOBRADINHO

 

(*) Fabiano Lopes

 


Um homem foi preso pela Polícia Militar após furtar uma grande quantidade de bebidas em um Clube na quadra 17 de Sobradinho, por volta das 21h30 desta sexta-feira (10).

Com o detido foi apreendido os seguintes itens: 90 latas de cerveja, 54 latas de refrigerante, cinco caixinhas de suco, duas latas de energético, um pote de chicletes, um saco de balas, um saco de pirulitos, 61 pacotes de salgadinhos entre outros produtos.

Os policiais patrulhavam a região próximo ao clube quando viram dois homens no interior do estabelecimento. Os suspeitos viram a viatura e se jogaram no chão na tentativa de se esconderem. Os policias seguiram em frente e pararam a viatura em ponto mais distante e ficaram monitorando o local.

Pouco tempo depois, um dos homes começou a carregar as bebidas para fora do clube. Neste momento, os policiais abordaram o homem e apreenderam a mercadoria. O outro suspeito não foi localizado.

O detido foi encaminhado à 13º Delegacia onde foi autuado por furto qualificado.

(*) Fonte : Fabiano Lopes/PMDF

sábado, 11 de fevereiro de 2017

COLUNA COMENTANDO VERSÍCULOS DA BÍBLIA por NANDO FERREIRA


Palavra de DEUS

Salmos 46:7a11


O SENHOR dos Exércitos está conosco; o Deus de Jacó é o nosso refúgio.

Vinde, contemplai as obras do SENHOR; que desolações tem feito na terra!

Ele faz cessar as guerras até ao fim da terra; quebra o arco e corta a lança; queima os carros no fogo.

Aquietai-vos, e sabei que eu sou Deus; serei exaltado entre os gentios; serei exaltado sobre a terra.

O SENHOR dos Exércitos está conosco; o Deus de Jacó é o nosso refúgio.

Comentando

Obs.: Muito dos problemas que vivemos hoje nos governos e em nossa vida pessoal estão diretamente ligados a falta de Deus e de amor em nossas vidas. Durante nossas vidas passamos por diversas situações difíceis, mas nos cabe sermos pacientes, fazer nossa parte e não deixar de confiar nunca em DEUS. Ter a certeza que no tempo DELE tudo será restaurado e teremos vitória, pois já somos vencedores, CRISTO nos garante isso. A vida anda num ritmo que queremos tudo de imediato e acabamos achando que DEUS é um "fast food" ao qual você chega, escolhe o que quer comer, tira o que não gosta (exortação), monta seu pedido e tem que ser atendido rápido. A vida cristã nesse mundo não é só maravilhas, hoje escutamos muitas pessoas falando de um evangelho de facilidades e isso vai de encontro ao evangelho verdadeiro, Deus nos chama a uma vida eterna com Ele e isso não tem muito a ver com uma "vida boa" aqui nesse mundo. Temos que nos aproximar de Deus (orar sem cessar e jejuar) já que esse mundo "jaz no maligno".

A maneira mais fácil de viver isso é ser dependente de Deus e seguir o caminho que Ele trilhou para cada um de nós que com certeza será um caminho de paz.

Leia a bíblia!

Ótimo e abençoado mês de Fevereiro!

(*) Nando Ferreira (foto) é empresário, e colabora com o Jornal de Sobradinho - Edição 316 referente a primeira quinzena de Fevereiro de 2017.

COLUNA TEXTOS & TEXTOS por Geraldo Lima

BORBOLETAS
(*) Por Geraldo Lima

Borboletas sobrevoam o quintal, dão rasantes, voluteiam, pousando em seguida na flor vermelha da falsa-emília [seu pompom lembra muito o do dente-de-leão: ao soprá-lo, suas sementes voam ao sabor do vento feito helicóptero] e na flor do picão-amarelo. As borboletas [da amarela grande e destrambelhada ao voar às pequenas, elegantes no pouso sobre as pétalas e um encanto para os olhos com suas cores em tons variados] aproveitam que o mato venceu meu ritmo de trabalho [a dor nas costas já não me permite manejar a enxada em longas jornadas de labor rural] e povoaram o quintal com uma beleza frágil e temporária. Num pouso e outro, depositam estrategicamente camuflados seus ovos nas folhas da couve e da rúcula. Em breve [e preciso estar atento para isso] desgraciosas lagartas emergirão famintas e prontas para devorar as folhas das hortaliças. Das outras plantas ["as daninhas"] nem se lembrarão. Mas agora, aladas, fazem delas seu campo de pouso e seu jardim dos prazeres.


(*) Geraldo Lima (foto) é escritor, dramaturgo, roteirista e colabora com o Jornal de Sobradinho.