Pesquise neste blog

Secretaria de Estado da Casa Civil - DF

terça-feira, 31 de janeiro de 2017

ECONOMIZAR ENERGIA FAZ BEM PARA TODO MUNDO


CAMPANHA DE CONSCIENTIZAÇÃO SOBRE O USO RACIONAL DE ENERGIA

A CEB Distribuição (CEB-D) lança, no dia 1º de fevereiro, a campanha “Economizar energia faz bem para todo mundo”. O objetivo da campanha é conscientizar o consumidor para o uso racional da energia elétrica. A marca da campanha é uma forma circular, que representa o planeta, e a cor verde que lembra o meio ambiente, nos trazendo a mensagem de que todos devemos fazer o uso racional de energia, minimizando danos causados à natureza.

No Brasil existem 219 usinas hidrelétricas; 2.925 termelétricas, 414 usinas eólicas e 42 usinas solares. Em Brasília há apenas uma usina em funcionamento, a Usina Hidrelétrica do Paranoá. Então, mesmo que grande parte da geração de energia seja proveniente de outros estados, devemos usá-la de forma consciente. Fontes: Agência Nacional de Energia Elétrica - Aneel; CEB Geração S.A.

A divulgação da campanha será realizada através da distribuição de 100 mil folders com informações educativas de como fazer uso racional de energia, de adesivos “Selinho Consciente” para serem colocados ao lado de interruptores de luz e de imãs de geladeira, que estarão disponíveis nas agências da Companhia. Um vídeo informativo também estará disponível no site www.ceb.com.br<http://www.ceb.com.br> e será compartilhado nas redes sociais.

Impactos ambientais na geração de energia

Todas as fontes de energia geram impactos ao meio ambiente, porém, algumas geram danos maiores.

Usinas Hidrelétricas: Provocam inundação de áreas (destruindo fauna e flora), interferência no curso natural dos rios e nos seus ciclos e deslocamento de populações.

Usinas Termelétricas: Contribuem com o aquecimento global devido a queima de combustível, sendo o carvão mineral um dos mais poluentes.

Energia Solar: Obriga um processo de mineração poluidor para a fabricação da célula fotovoltaica.

Energia Eólica: Causa poluição sonora e o deslocamento da fauna e flora.

Fonte: Operador Nacional do Sistema Elétrico- ONS

Bandeiras Tarifárias

O sistema de Bandeiras Tarifárias tem como função informar o consumidor sobre os custos da geração de energia. São elas: verde, amarela e vermelha. Os procedimentos comerciais de aplicação foram regulamentados pela Agência Nacional de Energia Elétrica- Aneel em 2013 e está vigente desde 2015. O sistema de bandeiras é aplicado por todas as concessionárias ligadas ao Sistema Interligado Nacional- SIN e em julho de 2015, passou a ser aplicado também pelas permissionárias de distribuição de energia.

Verde: indica condições favoráveis, pois são acionadas poucas usinas termelétricas e não há cobrança extra na conta de luz.

Amarela: Condições menos favoráveis, acarretando acréscimo de R$ 0,015 para cada kWh (quilowatt-hora) consumidos;

Vermelho - patamar 1: Maior quantidade de usinas termelétricas acionadas, ocasionando acréscimo de R$ 0,030;

Vermelho- patamar 2: Acréscimo de R$ 0,045.


A arrecadação originária das Bandeiras Tarifárias é administrada pela Conta Centralizadora dos Recursos de Bandeiras Tarifárias, gerenciada pela Câmara de Comercialização de Energia Elétrica – CCEE. Portanto, os agentes de distribuição apenas fazem o recolhimento dos recursos vindos da aplicação das Bandeiras Tarifárias ao mercado cativo diretamente na Conta Bandeiras, em nome da Conta de Desenvolvimento Energético - CDE.

Os recursos são destinados a cobertura das variações dos preços de liquidação no mercado de curto prazo que afetem os agentes de distribuição.

Fonte: Agência Nacional de Energia Elétrica - Aneel

EDUCAÇÃO

Sai a lista de segunda chamada para os CILs

Efetivação da matrícula será de 2 a 7 de fevereiro nas unidades de ensino

(*) Maryna Lacerda

A lista da segunda chamada para os 15 centros interescolares de línguas (CILs) está disponível nas unidades de ensino desde esta terça-feira (31). A efetivação da matrícula será de 2 a 7 de fevereiro, de forma presencial. O atendimento é das 8 horas ao meio-dia e das 14 às 18 horas.

A lista da segunda chamada para os 15 centros interescolares de línguas (CILs) está disponível nas unidades de ensino desde esta terça-feira (31).

Para confirmar o interesse em aprender uma língua estrangeira, o estudante deverá apresentar carteira de identidade; certidão de nascimento ou casamento; CPF; tipagem sanguínea e fator RH; título de eleitor (para maiores de 18 anos); e certificado de reservista, quando for o caso.

Além desses documentos, exigem-se duas fotos 3×4 recentes; comprovante de residência ou trabalho; e declaração escolar atualizada. Para a matrícula de estudantes menores de idade, os pais ou responsáveis legais devem apresentar o registro geral (RG) e o CPF pessoais. As aulas começam em 15 de fevereiro.

Houve 15.841 estudantes inscritos na seleção para este ano letivo. Desses, 7.825 foram selecionados para a vaga em primeira chamada para cursar espanhol, francês ou inglês.

Matrícula nos CILs (segunda chamada)

De 2 a 7 de fevereiro

Das 8 horas ao meio-dia e das 14 às 18 horas

Na secretaria da unidade em que o aluno foi contemplado

Início das aulas: 15 de fevereiro (quarta-feira)


Endereços e contatos dos centros interescolares de línguas de Brasília

Asa Norte

SHCGN 711, Área Especial s/n

(61) 3901-4359

Asa Sul

SGAS 907/908, Módulo 25/26

(61) 3901-7613 e 3901-7619

Brazlândia

Quadra 2, Área Especial 7

(61) 3901-3671 e 3901-6630

Ceilândia

QNM 13, Área Especial (Ceilândia Sul)

(61) 3373-2923 e 3901-3746

Gama

Setor Central, Praça 2, Entrequadras 16/18 AE

(61) 3901-8111 e 3901-8053

Guará

QE 7, Lote AE

(61) 3901-3697, 3381-6123 e 3901-4436

Núcleo Bandeirante

Setor Tradicional, CEMNB, 3ª Avenida, AE 4, Praça Oficial 4/2

(61) 3386-4079

Paranoá

DF-250, km 3, Região dos Lagos, Sítio Rosas

(61) 3901-7548

Planaltina

Setor Residencial Leste, Quadras 3 e 4, Lote H

(61) 3901-4628

Recanto das Emas

Avenida Monjolo, Quadra 306, Área Especial

(61) 3332-5260

Samambaia

QS 414, Área Especial 1, Centro de Ensino Médio 414

(61) 3901-7736

Santa Maria

CL 114, Conjunto D, 4º Andar, Santa Maria Shopping

(61) 3901-6597

São Sebastião

Setor Tradicional, Rua 1, Número 101, CEF Cerâmica São Paulo

Sobradinho
Quadra 11, Área Reservada 1
(61) 3901-4099 e 3901-4096

Taguatinga

QSB 2, Área Especial 3/4

(61) 3901-6771 e 3351-1283

(*) Fonte: Maryna Lacerda - Edição: Marina Mercante -  Foto: Gabriel Jabur/Agência Brasília

CONVITE AOS SOBRADINHENSES


SOCIAL / CIDADE


Laboratório SABIN inaugura sua 8ª unidade em SOBRADINHO

Em concorrido evento, aproximadamente 50 convidados prestigiaram a inauguração da mais nova unidade do SABIN na cidade serrana localizada na Quadra Central prédio do Hotel Alvimar.   

(*) Júnior Nobre

 
Foi inaugurada no último dia 28/01 (sábado), a unidade do Laboratório Sabin localizada na Quadra Central de Sobradinho I onde recebeu além da Direção; Médicos, Políticos, Administradores Regionais de Sobradinho I, II e Fercal, Imprensa, Empresariado Local, Presidente da OAB Seccional da Região, Presidente da ACIS – Associação Comercial e Industrial, Colaboradores, Apoiadores e Comunidade para conhecer as amplas e modernas instalações. Durante a visita , delicioso café da manhã foi servido aos convidados .  Dra. Lídia Abdalla Nery- Presidente Executiva do Grupo Sabin e Dra. Janete Vaz - Sócia-fundadora do Grupo Sabin agradeceram a presença dos convidados e destacaram o investimento na Região Norte do DF. “ Esta é a 8ª unidade implantada em Sobradinho, e vale registrar que hoje o Laboratório Sabin é considerado a primeira empresa que oferece o melhor ambiente a seus funcionários para trabalharem. E claro, uma das empresas reconhecida internacionalmente como uma referência no setor de saúde.

O Laboratório Sabin possui mais de 30 anos no mercado de análises clínicas e possui unidades no AM, BA, DF, GO, MG, MS, PA, PR, SP e TO com mais de 3.900 funcionários.













 
Por Júnior Nobre/JS fotos: Eduardo Nobre/JS

segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

CONVITE


A Administração Regional de Sobradinho II convida a comunidade da Vila Rabelo a debater com os Secretários a regularização, obras de infraestrutura: águas pluviais, esgoto e pavimentação. Obras emergências para a reforma dos parques, melhorias das ruas dentre outras.

DEU NA MÍDIA...


Bebê se afoga em piscina da casa dos avós em Sobradinho

Criança, de 1 ano e 7 meses, foi encaminhada em helicóptero para o Hospital Regional de Sobradinho



(*) PEDRO ALVES

 

Um bebê de 1 ano e 7 meses foi resgatado pelo Corpo de Bombeiros após se afogar na piscina de uma casa, no Condomínio Mansões Entre Lagos, em Sobradinho, neste domingo (29/1). Após cerca de 34 minutos de manobras de reanimação, os militares conseguiram restabelecer os sinais vitais do menino.

Ele então foi encaminhado em um helicóptero ao Hospital Regional de Sobradinho, inconsciente e em estado potencialmente instável, já que sofreu parada cardiorrespiratória. No início da noite, o garoto aguardava transferência para o Hospital de Base do DF e estava em coma induzido.

Segundo informações do Corpo de Bombeiros, a família do menino estava na casa dos avós. Em um momento de distração, os familiares não perceberam o sumiço do bebê, que seguiu para a área da piscina. Após sentir a falta do filho, a mãe encontrou o garoto já inconsciente e submerso.

 Ela retirou o filho da água e iniciou os procedimentos de primeiros socorros até a chegada do Corpo de Bombeiros, que foi acionado por familiares. Ao todo, três viaturas e doze militares atuaram na ocorrência.

A corporação também alerta adultos a ficarem sempre atentos aos pequenos: “Advertimos que crianças são muito curiosas e que os momentos de lazer são entendidos por elas sem relevância a possíveis riscos. Os adultos devem tentar minimizar estas situações orientando e mostrando as ameaças”, afirma em nota.

Ainda segundo o Corpo de Bombeiros, os adultos devem “dificultar o acesso a um local que tenha a possibilidade de causar dano a integridade desse ente querido. Em caso de piscinas, deve-se procurar cercar o acesso, utilizando redes de segurança e não deixar brinquedos que sejam atrativos as crianças próximo a esta área”. (Com informações do Corpo de Bombeiros)
(*) PEDRO ALVES/METRÓPOLES

quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

SOBRADINHO / SAÚDE



1ª Campanha de Prevenção e Suspeição da Hanseníase na Região Norte

Evento acontece nesta sexta-feira (27), a partir das 8h30
 

Nesta sexta-feira (27), acontecerá a 1ª Campanha de Prevenção e Suspeição da Hanseníase na Região Norte de Saúde, a partir das 8h30, com o objetivo de alertar a população sobre a doença.


A ação é promovida pela Superintendência da Região Norte em parceria com a Subsecretaria de Vigilância à Saúde (SVS) para o Dia Mundial de Combate à Hanseníase, estabelecido pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como o último domingo do mês de janeiro, dia 29.


O evento será realizado no estacionamento do Estádio Augustinho Lima, que fica ao lado da Rodoviária de Sobradinho. A ocasião contará com distribuição de material educativo, rastreamento populacional de casos suspeitos da doença com avaliação de manchas na pele e assinatura do documento de oficialização da Rede de Atenção às Pessoas com Hanseníase da Região Norte e entrega de cartas de agradecimento aos apoiadores.


De acordo com a gerente da Diretoria de Vigilância Epidemiológica, Olga Maíra, trata-se de uma iniciativa essencial no combate à Hanseníase, pois mobiliza, conjuntamente, a sociedade e os profissionais de saúde da área para a existência da doença e o tratamento disponibilizado no sistema público.

Confira aqui programação completa do evento:

 SERVIÇO

1ª Campanha de Prevenção e Suspeição da Hanseníase na Região Norte

Data e horário: 27 de janeiro (sexta-feira), a partir das 8h30

Local: Estacionamento do Estádio Augustinho Lima, Quadra 2, Área Especial (ao lado da Rodoviária de Sobradinho)

NOTA LEGAL DO GDF

Prazo para indicar créditos do Nota Legal termina na terça-feira (31)

Maior parte dos créditos — cerca de R$ 37,2 milhões — foi indicada para abatimento no IPVA. Ainda segundo balanço da Secretaria de Fazenda, houve mais de 276 mil resgates de descontos até agora

(*) AMANDA MARTIMON

O prazo para indicar os créditos acumulados no Nota Legal termina na terça-feira (31). Até o último balanço da Secretaria de Fazenda, na manhã desta quinta-feira (25), havia 276.592 resgates de descontos no programa. No mesmo período de 2016, foram 254.270.

Os cadastrados no programa Nota Legal podem usar os valores para abater no IPVA. Prazo termina na terça-feira (31).

Os cadastrados no programa podem usar os valores para abater no Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) e no Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU). Os que quiserem retirar a quantia em dinheiro devem informar uma conta bancária em junho.

Os créditos para abatimento no IPVA foram destinados, por ora, a 187.154 veículos — no mesmo período do ano passado, o benefício abrangeu 186.451 veículos. Para o IPTU, os resgates reduziram o tributo de 48.399 imóveis — enquanto no mesmo período de 2016 foram 40.333.

Em reais, os créditos atribuídos ao IPVA até agora somam R$ 37.247.126,19. Quanto ao IPTU, a quantia está em R$ 10.489.519,06.

No ano passado, 381 mil resgataram créditos do programa para abatimentos desses dois tributos, o que equivaleu a R$ 81,8 milhões.

A conversão do bônus em dedução dos impostos é feita pelo site do Nota Legal. Para ter acesso ao benefício, o cidadão não pode estar em débito com o governo de Brasília.

A secretaria sugere que o usuário faça a indicação direta — o link para o serviço está nas capas dos portais da pasta e do programa— por ser mais rápido e simples. Basta ter em mãos os números do CPF, do Renavam do veículo (se for indicar para o IPVA) ou da inscrição do imóvel (no caso de indicar para IPTU), e a senha de acesso ao Nota Legal.

Contribuinte deve emitir pela internet boleto do IPVA com desconto do Nota Legal

O desconto do programa para o IPVA não será aplicado nos boletos enviados para as residências por causa do prazo de vencimento. Por isso, é preciso imprimir uma segunda via no site da pasta. A emissão do boleto atualizado também pode ser feita no momento em que se faz o resgate do Nota Legal.

Os que não têm acesso à internet podem retirar o documento em uma das agências da Receita do DF ou nos postos do Na Hora.

Para aqueles que fizeram as indicações de 6 de janeiro em diante, a cobrança do tributo será entregue, mas desatualizada. Já para quem indicou em 4 e 5 de janeiro, o carnê virá apenas com a cobrança do seguro obrigatório e do licenciamento. Os boletos do IPTU, contudo, serão enviados com os valores atualizados.

Primeira parcela do IPVA vence em fevereiro e do IPTU em junho

O vencimento da cota única ou primeira parcela do imposto para automóveis começa em 20 de fevereiro. As datas variam até 24 do mesmo mês de acordo com a numeração final da placa. Ele pode ser pago em até quatro vezes.

O IPTU e a Taxa de Limpeza Pública (TLP) têm vencimentos iguais, de junho a novembro, e podem ser pagos de uma vez ou em até seis prestações.

O Nota Legal foi criado em 2008 com o objetivo de estimular o consumidor a exigir o documento fiscal nas compras de mercadorias e serviços. A intenção, com isso, é contribuir para o combate à sonegação e munir o governo de informações essenciais à cobrança regular de impostos.

Contribuintes que tiverem dúvidas sobre a utilização dos recursos poderão saná-las por meio do Manual do Consumidor, disponível na página do programa na internet, pelo telefone 156 (opção 3) ou pelo atendimento virtual no portal da Secretaria de Fazenda, que também conta com equipes para dar suporte e orientação nas redes sociais (Facebook e Twitter).

(*) fonte: AMANDA MARTIMON,  EDIÇÃO: PAULA OLIVEIRA, fotos: : Tony Winston/Agência Brasília

MOBILIDADE URBANA/ TRANSPORTE PÚBLICO


Para garantir Passe Livre, escolas particulares
devem enviar lista de alunos ao DFTrans

Medida é necessária para que estudantes não tenham o benefício suspenso


As instituições particulares de ensino têm de enviar ao Transporte Urbano do Distrito Federal (DFTrans), até 17 de fevereiro, a lista de alunos matriculados. A exigência, necessária para a atualização do cadastro do Passe Livre Estudantil e para evitar a suspensão do benefício, está prevista em portaria conjunta da autarquia e da Secretaria de Mobilidade, publicada no Diário Oficial de terça-feira (24).

O processo deve ser feito pelo site do DFTrans, à semelhança do que ocorreu com a frequência dos estudantes. “As instituições de ensino precisam contribuir com o governo para garantir que o benefício seja repassado a quem realmente tem direito”, defende o diretor-geral do DFTrans, Léo Carlos Cruz. “Precisamos saber quem continua estudando.” A portaria abrange apenas colégios particulares, porque o DFTrans já tem acesso ao banco de dados das escolas públicas.

Aqueles que estão no cadastro do governo atualmente e não constarem da lista atualizada da instituição receberão um e-mail do DFTrans com a pendência. Esses alunos precisam anexar o documento que comprove uma nova matrícula, caso, por exemplo, tenham sido transferidos para outra unidade de ensino. Para isso, eles terão dez dias úteis, a contar do recebimento do aviso eletrônico.

As unidades escolares devem acessar o site do DFTrans e clicar na aba lateral Sistema de cadastro de instituições de ensino. Ali, o responsável que estiver cadastrado poderá anexar os dados dos alunos regularmente matriculados.

Para a autarquia, a atualização das inscrições dessa maneira, além de segura, é mais rápida. Evita filas e fraudes e acaba com a necessidade de um novo cadastramento de todos os estudantes.

Os postos do DFTrans nas unidades do Na Hora em Ceilândia, no Gama e em Taguatinga, na Galeria dos Estados e na rodoviária de Sobradinho continuarão oferecendo o serviço de resolução de pendências aos alunos com dificuldade de acesso à internet.

Cadastro do Passe Livre poderá ser atualizado a partir de segunda (30)

Quem mudou de escola poderá se antecipar e registrar a transferência pelo site www.passelivreestudantil.df.gov.br a partir de segunda-feira (30). Nesses mesmos dia e endereço, também haverá a opção para novas inscrições e pedidos de segunda via do cartão e de mais acessos.


Esses serviços, assim como o Passe Livre, foram suspensos devido às férias escolares. Os cartões poderão ser utilizados normalmente a partir de 1º de fevereiro.


Datas importantes para quem usa o Passe Livre Estudantil

30/1 Retorno dos serviços do site www.passelivreestudantil.df.gov.br. A partir desse mesmo dia, alunos que mudaram de escola poderão atualizar o cadastro

1°/2  Volta do funcionamento dos cartões dos estudantes com direito ao Passe Livre Estudantil, suspenso devido às férias escolares

17/2 Prazo para que instituições de ensino particulares enviem ao DFTrans a relação de alunos matriculados

terça-feira, 24 de janeiro de 2017

JÁ EM CIRCULAÇÃO A EDIÇÃO Nº 315 DO JORNAL DE SOBRADINHO REFERENTE A SEGUNDA QUINZENA DE JANEIRO DE 2017


CONFIRA TAMBÉM AS ÚLTIMAS 54 EDIÇÕES, TODAS ELAS JÁ DISTRIBUÍDAS NA CIDADE SERRANA, REGIÃO NORTE DO DF E PUBLICADAS AQUI, EM ORDEM DECRESCENTE DE DATA, NÚMERO E FORMATO ELETRÔNICO, NO CANTO ESQUERDO DO BLOG DIÁRIO.








SÃO 10 MIL EXEMPLARES DISTRIBUIDOS GRATUITAMENTE.  ESSA É UMA CORTESIA DOS PATROCINADORES, APOIADORES E EDITOR DO JORNAL DE SOBRADINHO.

segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

BOLETIM DE OCORRÊNCIA POLICIAL NA REGIÃO NORTE DO DF - SOBRADINHO


PMDF APREENDE REVÓLVER NA AVENIDA CENTRAL DE SOBRADINHO II

(*) Carlos Brant

Às 19h45 deste domingo (22), na avenida Central de Sobradinho II, a equipe do Grupo Tático Operacional do 13º BPM (Gtop 33) se deparou com dois indivíduos em duas bicicletas. Por demonstrarem nervosismo ao perceberem a aproximação da viatura, foram abordados e na busca pessoal foi localizado, na cintura de um maior de idade, um revólver calibre 38 com cinco munições intactas.

Diante os fatos, os dois indivíduos foram conduzidos à 13° DP  juntamente com a arma de fogo apreendida para medidas cabíveis. A dupla é suspeita de praticar roubos na região.

(*) Carlos Brant/PMDF

BOLETIM DE OCORRÊNCIA POLICIAL NA REGIÃO NORTE DO DF - SOBRADINHO


DUPLA É DETIDA APÓS ARRASTÃO EM SOBRADINHO II

(*) Carlos Brant

Por volta das 11h30 deste domingo (22), policiais militares do 13º BPM foram informados por populares que estava acontecendo um arrastão, com dois indivíduos armados, na avenida central, da AR 13 de Sobradinho II. Diante disso, os policiais deslocaram-se ao endereço e visualizaram os autores. A equipe da PMDF foi surpreendida por disparos de arma de fogo e, em seguida, os suspeitos fugiram pela via pública.

Após buscas, os policiais conseguiram efetuar a apreensão de um menor e de um maior de idade que entraram em uma casa do conjunto 11 da AR 13. Com o adulto foram localizados diversos objetos roubados, bem como um simulacro de revólver. Foi feita a varredura na região, porém não foi localizada a arma de fogo utilizada para os disparos contra as equipes da PM.

Os dois detidos foram encaminhados às delegacias responsáveis (13ª DP e DCA). Equipe da PMDF que conduziu a ocorrência: tenente Marcelo, sargentos Neres da Rocha e Castro. Com apoio de várias equipes do 13º BPM.

(*) Carlos Brant/PMDF

MEIO AMBIENTE


Cerrado do DF é protegido por cinco reservas biológicas

Além da unidade no Guará, o território conta com áreas no Gama, no Jardim Botânico, em Sobradinho e às margens do Lago Descoberto (foto). Todas são de proteção integral

(*) MARYNA LACERDA

O início da desocupação do Parque Ecológico Ezechias Heringer e da Reserva Biológica do Guará, neste mês, expôs a necessidade de manter as unidades de conservação de proteção integral. Além da do Guará, o Distrito Federal tem mais quatro reservas no território: a do Lago Descoberto; a do Gama; a do Cerradão, no Jardim Botânico; e a da Contagem, em Sobradinho. Somente esta não é administrada pelo Instituto Brasília Ambiental (Ibram).

As reservas biológicas são criadas para preservação total da fauna, da flora e das características ambientais nelas presentes. Por isso, o acesso e a visitação são restritos e permitidos apenas para pesquisa científica, conforme prevê o Sistema Distrital de Unidades de Conservação, definido pela Lei Complementar nº 827, de 22 de julho de 2010.

Araras voam na área da Reserva Biológica do Descoberto.

No Distrito Federal, elas são fortemente impactadas pela expansão urbana e pela ação humana. Dessa forma, o desafio da gestão ambiental é garantir que não se tornem apenas manchas verdes entre as cidades, mas de fato cumpram a função de preservação para a qual foram criadas. “As pressões do entorno das reservas biológicas se refletem no interior delas”, conta o coordenador de Unidades de Conservação do Ibram, Paulo César Magalhães Fonseca.

"As pressões do entorno das reservas biológicas se refletem no interior delas"Paulo César Magalhães Fonseca, coordenador de Unidades de Conservação do Ibram

Construções irregulares prejudicam área de proteção

A ocupação irregular é uma das ameaças a que está submetida a Reserva Biológica do Gama, criada pelo Decreto nº 11.261, de 16 de setembro de 1988, como reserva ecológica. Em 2008, ela teve o status alterado por força do Decreto nº 29.704, de 17 de novembro. Com isso, a proteção foi ampliada.

A área tem 136 hectares e deve ser protegida por causa da mata ciliar do Rio Alagado. O relevo é acidentado, com encostas íngremes e suscetíveis à erosão. Por isso, as construções ilegais no interior da unidade, resultado do parcelamento das chácaras vizinhas, é extremamente prejudicial.

Também suscetível a parcelamentos irregulares, a Reserva Biológica do Descoberto tem função estratégica para a proteção dos cursos d’água que abastecem a região. A unidade soma 434,5 hectares, distribuídos em uma faixa de 125 metros ao redor do reservatório. A área protegida foi estabelecida por meio do Decreto nº 26.007, de 5 de julho de 2005.

A reserva é, no entanto, constantemente ameaçada por chacareiros que insistem em ampliar áreas de plantio para dentro dos limites da unidade. “Para combater o problema, fazemos um trabalho de educação ambiental com os ocupantes das propriedades em volta do lago e incentivamos a revegetação por meio do programa Descoberto Coberto”, explica Fonseca.

A Reserva Biológica do Descoberto tem função estratégica para a proteção dos cursos d’água que abastecem a região

A recomposição da flora é feita com espécies típicas do Cerrado e resulta de uma parceria com a comunidade do local.
Conservação ambiental é a regra das reservas biológicas

Integridade da vegetação é uma das marcas da Reserva Biológica (Rebio) do Cerradão, no Jardim Botânico. Ela recebe esse nome em razão da ocorrência da fitofisionomia do Cerrado — ou seja, a forma como ele se apresenta — densa e similar a uma mata. A área mede 54 hectares, com ocorrência de espécies como copaíba, pequi, ipê e jacarandá.

O alto grau de conservação da flora atrai também uma diversidade de animais, desde roedores até mamíferos de médio porte. Eles são, no entanto, alvo fácil de atropelamento ao cruzar a Estrada Parque Contorno. “Felizmente, não temos problemas com fogo dentro da reserva ou construções irregulares”, destaca o coordenador de Unidades de Conservação do Ibram.

A Rebio do Cerradão foi criada pela Lei Federal nº 9.985, de 18 de julho de 2000, como Área de Relevante Interesse Ecológico. Em 2010, por sua vez, a unidade teve a proteção ampliada e foi transformada em Reserva Biológica por meio do Decreto nº 31.757, de 2 de junho de 2010.
Proteção para livre circulação dos animais

Única unidade do gênero sob responsabilidade do governo federal no DF, a Reserva Biológica da Contagem, em Sobradinho, foi criada por meio do Decreto de 13 de dezembro de 2002, da Presidência da República. O objetivo é proteger vegetação e cursos d’água na Chapada da Contagem, região com altitudes entre 1 mil e 1,2 mil metro. É a área mais elevada do território, bastante afetada pela ocupação do solo por condomínios.

A unidade tem 3.460 hectares e abriga também dois pontos de captação de água, no Ribeirão Contagem e no Córrego Paranoazinho, que abastecem a região administrativa. O local funciona também como corredor ecológico entre o Parque Nacional de Brasília e a Bacia do Rio Maranhão. O Cerrado se apresenta como campo sujo, ou seja, com ocorrência de arbustos de forma espaçada.

(*)MARYNA LACERDA, EDIÇÃO: VANNILDO MENDES - FotoS: Andre Borges/Agência Brasília