Pesquise neste blog

segunda-feira, 16 de abril de 2018

ENTREVISTA EXCLUSIVA COM THIAGO CUNHA ADMINISTRADOR REGIONAL DE SOBRADINHO II & FERCAL



Um bom vizinho
Moro aqui e quero fazer o melhor possível por nossa região

Thiago Pereira da Silva Cunha (foto) é o novo administrador de Sobradinho II e Fercal. Assume no lugar do Coronel Charles Magalhães que saiu para se candidatar a Deputado Federal. Nascido no Hospital de Sobradinho, morador da quadra 01 até 1994, Thiago tem 31 anos, é solteiro, e atualmente mora na Avenida Central de Sobradinho II. Filho de Jorge Ferreira da Cunha e Marlene Pereira da Cunha, ele teve uma infância bem parecida com a maioria dos moradores da cidade. Estudou em escolas públicas, CEF 05 e CEF 03 – e desde cedo começou a trabalhar.

Foi vendedor de picolé na Sorveteria Adams, na Q. 01, passou por empacotador no Supermercado Dias – Q. 01. Chegou a representante comercial e depois ingressou no serviço público. Em 2009 trabalhou na Secretaria de Ciência e Tecnologia do GDF; em 2011 foi Gerente de Feiras na Administração de Sobradinho II; depois disso trabalhou na Câmara Legislativa como assessor do deputado distrital Dr.Michel; em 2015, retornou à Administração de Sobradinho II como chefe de gabinete. E por último trabalhou como assessor parlamentar no gabinete do deputado Ricardo Vale.  Torcedor do Sobradinho Esporte Clube e do São Paulo, Thiago se descreve como um trabalhador. “Sempre trabalhei bastante. Comecei cedo e nunca desisti de buscar melhores espaços onde pudesse crescer cada vez mais e ajudar o próximo. ” 
 
Na administração, Thiago pretende tocar os projetos e obras do Governador Rollemberg com toda seriedade, responsabilidade e o respeito que a população merece. Tudo isso com o respaldo da comunidade, a quem pretende ouvir e dedicar a sua atenção em busca de soluções e melhorias.

JS - Qual a sua memória afetiva da cidade?

Thiago – Como morador da Q. 01 de Sobradinho, tinha apenas 3 anos quando Sobradinho II nasceu. Mas em 1994 vim morar aqui com a minha família. São 24 anos de convívio com essa cidade, que vi crescer e melhorar.  E claro que fiz daqui minha morada e a cidade do meu coração.


Naquela época não tínhamos nem asfalto. Mas hoje vejo Sobradinho II como uma cidade em crescimento e forte desenvolvimento. Como morador e líder comunitário conheço a realidade e os problemas que a comunidade enfrenta.

JS - Na sua opinião qual os principais problemas de Sobradinho II? Há algum que poderia ter a devida solução em sua gestão?

Thiago - Como toda cidade do País, Sobradinho II também enfrenta problemas nas áreas de segurança, transporte, saúde. Em todas as áreas vou buscar junto aos órgãos competentes soluções, ações que possam melhorar o panorama atual. Acredito também nos projetos do Governo que vem trabalhando incansavelmente para melhorar a qualidade de vida dos brasilienses.

No trabalho direto executado pela Administração, como a manutenção da cidade, quero trabalhar em conjunto com os moradores. Vejo as questões de entulho, limpeza em geral, buracos nas vias, falta de melhor aproveitamento dos espaços públicos, como problemas que podemos melhorar muito.

Faremos campanhas educativas, no sentido de melhorar a comunicação e conscientização de todos. Tudo isso, porque acredito que sem a participação da comunidade é impossível administrar. Buscarei trabalhar afinado com os órgãos do GDF e Área Federal, solicitando o maior desempenho possível para a resolução dos problemas.

JS - No seu planejamento e do GDF, quais ações deverão ter prioridade nesse ano de 2018 em Sobradinho II e Fercal?

Thiago - Existem várias obras e ações já em andamento. Em Sobradinho II e Fercal temos a reforma do Ginásio de Esportes, no valor de R$296.246,00; reforma de dez quadras poliesportivas, no valor de R$527.220,36; pavimentação da travessia do Buritizinho para o Versales, no valor de R$149.701,32; obras de pavimentação e drenagem de águas pluviais no Setor Habitacional Buritis (Buritizinho); Praça Café Planalto; via de Ligação entre o Alto do Bela Vista e Expansão do Alto do Bela Vista.

JS- Recentemente houve a inauguração oficial pelo governador Rodrigo Rollemberg do Campo Sintético do Caveirão, ainda tem algo a ser feito neste campo?

Thiago- A questão de drenagem da água do campo foi resolvida antes da
inauguração. Ainda faremos, com emenda parlamentar do Deputado Ricardo Vale, as arquibancadas, vestiário, banheiro público, estacionamento ao lado direto do campo. Essas obras estão apenas aguardando a finalização dos projetos.

JS - Uma das maiores demandas comunitárias é o pedido de mais médicos e insumos para a UPA de Sobradinho II e benfeitorias para o Buritizinho, o que você tem a dizer sobre isso?

Thiago- Essa situação já é de conhecimento do GDF. O Governo de Brasília vem trabalhando para sanar as questões de saúde. Independente disso, vou solicitar urgência em relação à UPA de Sobradinho II. O Setor Habitacional Buritis, o Buritizinho está recebendo toda a atenção do Governo.

Os quase 8 mil moradores do Buritizinho serão beneficiados com um dos principais conjuntos de obras de infraestrutura do governo de Brasília. As intervenções ocupam uma área de 90 hectares (cerca de 83 campos de futebol). Elas incluem duas lagoas de retenção, 8 quilômetros (km) de redes para captação de águas pluviais, 51,5 km de calçadas, 22 km de meios-fios e 11 km de ruas, em fase final de pavimentação.
Poderão contar com as seguintes benfeitorias: 8 quilômetros de redes de captação de águas pluviais, 51,5 quilômetros de calçadas, 22 quilômetros de meios-fios e 11 quilômetros de ruas pavimentadas em asfalto ou bloquetes. Também serão construídos dois conjuntos de lagoas de contenção das águas de drenagem.
Além das melhorias para os moradores, foram criados aproximadamente 150 empregos diretos e 300 indiretos.
O investimento é de cerca de R$ 30,44 milhões, menor do que o inicialmente orçado (R$ 37 milhões). Os recursos são provenientes da Caixa Econômica Federal, via Programa de Aceleração do Crescimento 2 (PAC Pavimentação e Qualificação de Vias), com contrapartida do governo de Brasília.
JS - A preservação do Ribeirão de Sobradinho é uma realidade, como a Administração poderá contribuir a curto prazo?
Thiago- Recentemente foram implantadas as Condemas – Comissão de
Desenvolvimento do Meio Ambiente de Sobradinho II e da Fercal.
Pretendo trabalhar em conjunto com essas comissões para viabilizar os projetos. Como é de conhecimento de muitos, a Caesb está fazendo a ampliação da Estação de Tratamento de Esgotos da cidade, que vai tratar todo o esgoto coletado, reduzindo assim a entrada de esgotos no ribeirão.

JS - Quais ações para o Setor de Mansões?

Thiago- O Setor de Mansões, assim como toda a cidade, terá toda a atenção da administração. Inicialmente faremos a operação tapa buracos que é a principal solicitação dos moradores. Também já está sendo providenciada a regularização dos lotes.

JS - Regularização dos Condomínios Horizontais da região Norte do DF o que tem de novo?

Thiago- O trabalho do Governador Rollemberg tem se destacado muito nessa área. Na nossa região temos 11 condomínios regularizados até o momento, dentro das diretrizes urbanísticas. E vários outros em processo de regularização no Setor de Mansões, Grande Colorado, Região do Lagos. Nosso papel é o de articular junto à Secretaria de Habitação e intermediar para que os moradores possam realmente realizar o sonho de ter sua escritura.

JS - Como será sua parceria com Valter Soares? Haverá ações conjuntas?

Thiago- Com toda a certeza. Vamos trabalhar juntos, faremos parceria. Somos cidades irmãs, ligadas pela localização geográfica e pelos laços familiares que unem todos os moradores. O Valtinho tá fazendo um excelente trabalho em Sobradinho e vamos atuar juntos para melhorar, ainda mais, a qualidade de vida dos moradores.

JS - A AMPEC II está objetivando uma nova área em Sobradinho II para atender aos empresários da cidade. O que a Administração de Sobradinho II poderá fazer a curto prazo para somar nessa demanda?

Thiago- Ainda preciso de um tempinho para tomar pé da situação. Mas farei tudo o que estiver ao meu alcance para ajudar. Entendo essa necessidade de expansão econômica da cidade e o quanto pode afetar o desenvolvimento para melhor, com geração de emprego e renda. Farei uma reunião em breve com todos e vou atrás para cobrar as providências. Nesse sentido, posso contar também com os parlamentares, principalmente o Deputado Ricardo Vale, que tem uma atenção especial por Sobradinho II. Sei que já foi solicitado à Terracap a doação do terreno para a Casa Civil. A cidade precisa ter sua Área de Desenvolvimento Econômico – ADE, e vou intensificar esse pedido para a criação de tão importante projeto para os cidadãos da cidade e toda a região.

JS - O que você gostaria de dizer aos moradores de Sobradinho II e Fercal?

Thiago- A todos os moradores e moradoras de Sobradinho II e Fercal quero dizer que aqui vocês têm não só um administrador, mas acima de tudo um bom vizinho. Vizinho daqueles que você pode bater na porta e pedir. Moro aqui e quero fazer o melhor possível por nossa região.  Vou trabalhar diretamente com a comunidade e estarei sempre à disposição para encontrarmos juntos as melhores soluções para a nossa cidade.


Aproveito para deixar o telefone do gabinete 3453-9396 e da Ouvidoria 3453-9316.

Quero também agradecer ao Jornal de Sobradinho, tão importante veículo de comunicação, pelo espaço a mim concedido e desejar muito êxito e felicidades.

Agradeço a Deus por tudo, pois sem Ele eu nada seria e nada faria.

Agradeço ao Governador Rodrigo Rollemberg pela confiança a mim
depositada e espero poder atender a altura que  a população merece.


(*) Fonte: Equipe JS - Jornal de Sobradinho - Exclusivo para Edição nº 341 referente a Segunda Quinzena de Abril de 2018 - Apoio Jornalista Cidha Magalhães.

Nenhum comentário: