Pesquise neste blog

segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

ESPORTE 1 : Um título em Itararé-SP já é nosso


Escolinha de Futebol do Laerte
Campeão da Categoria Nascidos em 2000

* João Timóteo

Depois de passar com facilidade pelas fases classificatórias e de derrotar a forte equipe da Seleção do Paraguai (ontem 30/01), pela semifinal, os comandados do treinador Kerley foram hoje (segunda 31/01) prá cima do São Caetano-SP e, em jogo válido pela finalíssima, venceram o time paulista por 2X0 e conquistaram o título maior da competição que teve a participação de equipes de diversos estados brasileiros e de países vizinhos. VALEU CAMPEÃO !

ESPORTE 2 : Finalíssima Amanhã


Lá em cima também, está a categoria 1997, que jogando pela semifinal, goleou hoje (segunda 31/01) por 4X1 a fortíssima equipe do Vila Catarina de São Paulo e vai fazer a finalíssima amanhã 01/02, contra a vizinha equipe do Atlético Goianiense

ESPORTE 3 : O Sobradinhense também é finalista


A equipe vermelha e branca comandada pelo treinador Bira, jogou hoje 31/01 pela semifinal do torneio, venceu a agremiação do Cotia do estado de São Paulo pelo escore de 1X0 e vai com gosto de gás amanhã 01/02 prá cima da Seleção da Cidade de Itararé, ou do São José, ambos de São Paulo, para vencer a finalíssima e conquistar o título de campeão da competição de alto nivel que envolveu representantes de inúmeros estados brasileiros e de países vizinhos. Vamos torcer e aguardar com festa a chegada dos nossos campeões na próxima quarta 02/02.

(*)Por João Timóteo texto e fotos - Especial para o blog e Jornal de Sobradinho

O GRILO

* Joel Pires

É comum perguntarem a um profissional ou estudante de Comunicação que programas ele gosta de ver. Bom, assisto a tudo: de comercial à pregação de pastor. Passeio pelos canais abertos e fechados. Aprendi, no primeiro semestre do curso, que preconceito, mais do que nunca, não deve bloquear a curiosidade necessária a qualquer pessoa, sobretudo aquela que lida com publicidade, jornalismo e audiovisual.

Em relação à leitura também é preciso ter mente aberta, mas com a atenção devida. Leio “tudo”, de bula de remédio a textos indígenas, poemas da cultura Tupi-Guarani, por exemplo. É impressionante o tratamento dispensado aos fenômenos naturais, à cultura do sagrado, o respeito à natureza. Os povos “primitivos” não leram Edmund Burke, mas sabem que “nunca a natureza seguiu um caminho e a sabedoria, outro”. Essa Mãe universal tem sido minha companhia e mestra nos últimos dias.

Ontem fui a uma cachoeira, Indaiá, e pude “sentir” a sabedoria e paz expressas na simplicidade das folhas brotando, no pingo que escapa da corrente e molha a flor na margem do rio. A integração com o meio ambiente propicia inspiração e bem-estar. Levei uma máquina nova, semiprofissional, mas não fotografei nada. O registro ficou na memória mesmo. O vendedor omitiu um detalhe: a importância do cartão; disse que, mesmo sem ele, o aparelho tinha autonomia e capacidade. Para evitar discussão e contratempos, preferi “acreditar” no libanês.

Esperteza. Não gosto do uso vulgar do termo. Esse atributo parece guiar muitos em suas atitudes mesquinhas e egoístas hoje. Mas aprendi, em Psicanálise, e na vida, que é necessário ser “esperto”. Na “arte da guerra”, é preciso ser estratégico. Maquiavel é leitura obrigatória. A sobrevivência nos move. Há “bons vendedores” passando a perna em muita gente. É ruim quando depositamos confiança em alguém e somos traídos. Apesar de tudo isso, ainda há pessoas que acreditam no ser humano. Meu objetivo é procurar aqueles que ainda não se contaminaram pelo egoísmo. É como achar ouro em garimpo abandonado.

É isso aí. O cartão é baratinho. Amanhã vou comprar um e, em breve, postarei fotos no blog, aproveitando o curso de Introdução à Fotografia. Afinal, o conhecimento passa a ter mais valor quando aplicado à realidade. Sonhos, divagações, ilações, filosofias... Tudo isso é bom. Mas, às vezes, é preciso se despir, livrar-se de toda essa carga, e andar descalço, sentir as pedras reais, o cheiro do mato, o grilo no silêncio da noite. O grilo real.

(*) Por Joel Pires - especial para o Blog e Jornal de Sobradinho

EDUCAÇÃO: Após atraso, MEC diz que inscrições para o Fies estão abertas

Estudante deve fazer cadastro no sistema informatizado do fundo (Sisfies).Programa financia mensalidades em cursos de ensino superior.

Após o atraso na abertura das inscrições no Fundo de Garantia do Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (Fies), programado para esta segunda-feira (31), o Ministério da Educação afirmou que a adesão ao fundo está aberta. A abertura das inscrições ocorreu por volta das 13h30.

Pelo cronograma inicial do Ministério da Educação, as inscrições deveriam ter começado em 17 janeiro, mas tiveram de ser adiadas devido à prorrogação do prazo do Sistema de Seleção Unificada (SiSU).

O bancário Angelo Augusto Damaso, de 49 anos, de Varginha (MG), que aguardava a abertura das inscrições desde a zero hora desta segunda-feira, disse que conseguiu fazer a inscrição.

“Por volta das 13h30 o site do FNDE abriu para inscrições. Entendo que logramos êxito, pois todas nossas informações foram aceitas e o e-mail de confirmação recebido. Pelo que entendi do processo, caso já tivesse extrapolado o limite de inscrições para a universidade, eu receberia mensagem de recusa. Como isto não aconteceu, espero ter tido sucesso”, afirmou.

Damaso inscreveu a filha de 25 anos no financiamento estudantil. Danielle Sottani Damaso passou em medicina na Universidade do Vale do Sapucaí (Univas), na cidade mineira de Pouso Alegre. A família já pagou a matrícula, de R$ 3.363, valor da mensalidade.

“Minha filha já fez faculdade de farmácia em uma federal, mas ela não se contentou, porque tinha vontade mesmo de fazer medicina. Tenho outro filho, que estuda também. Para bancar mensalidade integral, não tenho condições. Só vou conseguir que ela estude, se conseguir os 100% dos Fies”, disse.

17 de janeiro
Desde o dia 17, o G1 recebe reclamações de estudantes que aguardam a abertura das inscrições. Eles dizem que não têm como pagar as mensalidades das instituições de ensino superior sem o financiamento.

O Fies é um programa do governo federal que financia mensalidades de estudantes matriculados em cursos de ensino superior.

Estão habilitados a se candidatar estudantes matriculados em cursos de graduação pagos, que tenham obtido avaliação positiva no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes) e que sejam oferecidos por instituição de ensino superior participante do programa. Além disso, o aluno precisa ter feito o Enem.

Para se inscrever, o candidato deve acessar o Sistema de Financiamento ao Estudante (SisFies) e informar os dados solicitados. No primeiro acesso, deve digitar seu CPF, data de nascimento, um endereço eletrônico válido e cadastrar uma senha, que será utilizada sempre que acessar o sistema. Depois disso, o candidato receberá uma mensagem para validação do cadastro.

A partir daí, deve acessar o SisFies e se inscrever, informando dados pessoais, do curso e da instituição e informações sobre o financiamento solicitado. Nesse momento, deve escolher se quer financiamento da Caixa Econômica Federal ou do Banco do Brasil (os dois únicos agentes financeiros do Fies) e a agência de sua preferência.

Conclusão
Concluída a inscrição, o aluno deve procurar a Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) em sua instituição de ensino em até dez dias corridos, contados a partir do dia imediatamente posterior ao da conclusão da sua inscrição.

Validadas as informações, a comissão emitirá o documento de regularidade de inscrição (DRI). Com ele, o candidato deve procurar a Caixa Econômica Federal ou o Banco do Brasil (conforme sua escolha) para formalizar, uma vez atendidas as normas do Fies, a contratação do financiamento. Isto deve ser feito até, no máximo, vinte dias corridos depois da conclusão da inscrição.

Condições de pagamento
Pelo Fies, durante o período de duração do curso, o estudante pagará, a cada três meses, o valor máximo de R$ 50, referente ao pagamento de juros incidentes sobre o financiamento. Após a conclusão da graduação, o estudante terá 18 meses de carência para recompor seu orçamento. Encerrado este período, o saldo devedor será parcelado em até três vezes o período financiado do curso, acrescido de 12 meses.

Segundo a Sesu, 486 mil dos 560 mil contratos do Fies firmados em 2009 estão ativos. Outros 71.381 contratos foram firmados em 2010.

Fonte G1

PROGRAMA CIDADE LIMPA – Uma ação conjunta do GDF para atender as demandas das cidades de Sobradinho I e II



*Júnior Nobre

Hoje (31/01), começou a operação envolvendo vários órgãos do GDF para limpeza e conservação de Sobradinho I e II. Segundo Fábio Adjuto Cardoso – Chefe da Unidade de Gestão de Projetos da Coordenação das Cidades, órgão vinculado a Secretaria de Estado de Governo, declarou ao Jornal de Sobradinho que será uma semana atendendo as demandas das duas cidades. "Nessa ação, estaremos priorizando a roçagem, poda de árvores, limpeza das bocas de lobo, pinturas de faixas de pedestres, tapa buracos, pintura de meio fios, recolhimento de entulhos, lavagem das paradas de ônibus, troca de lâmpadas queimadas em postes de iluminação e colocação de algumas placas de sinalização que ainda estão faltando",afirma .

Essa operação envolve CAESB, CEB, DETRAN, NOVACAP, SLU, Administração de Sobradinho I e II e Força Tarefa da Coordenadoria das Cidades.

Já para o Delival Lemos de Souza - Diretor de Operações do SLU - o Programa Cidade Limpa envolverá 180 pessoas, sendo que 120 trabalharão em Sobradinho I e 60 em Sobradinho II. “Disponibilizaremos máquinas e caminhões para atender bem a comunidade, nessa semana de mutirão, afirma”.

Lembrando ainda, do empenho e disponibilidade das equipes de trabalho da Sra. Maria América - Administradora Regional de Sobradinho I e Hamilton Alves da Cunha Administrador de Sobradinho II que certamente estarão envolvidos por inteiro nesse programa do Governo Agnelo.

Por Junior Nobre texto e fotos

SEGURANÇA: Policia de Sobradinho registra homicídio e tentativa na noite de domingo



*Ferreira Santos

Um homicídio e uma tentativa foram registrados pela Polícia na noite de domingo (30/01) entre 21h18 e 21h50 em Sobradinho. No condomínio Petrópolis um homem levou um tiro nas costas, levado para o Pronto Socorro do Hospital Regional de Sobradinho (HRS) pelo Corpo de Bombeiros não corre perigo de morte. A segunda vitima foi baleada na cabeça cerca de 30 minutos depois e morreu frente a um bar na Vila Rabelo II.

Salmo da Silva Oliveira 23 anos, estava em um Bar no Condomínio Petrópolis no Bairro Nova Colina em Sobradinho. Segundo informações colhidas no local pelo Sargento Valtencir, que comandava uma equipe do GTOP-33, Grupo Tático Operacional da PMDF e que esteve no local, populares disseram à guarnição que o motivo do disparo possivelmente teria sido uma discussão após alguém ter passado frente a um televisor que estava ligado dentro do Bar, durante o bate boca, Salmo da Silva Oliveira foi ferido com um tiro nas costas, ele foi socorrido ao HRS - Hospital Regional de Sobradinho pela UTE -274, comandada pelo sargento Euvaldo da 4ª CRI – Companhia Regional de Incêndio e esta fora de perigo. A 13ª Delegacia de Polícia de Sobradinho investiga as circunstâncias do ocorrido.

A segunda vitima de arma de fogo foi por volta das 22h00 de domingo. Identificado pela Polícia como sendo Manuel Cavalcante (33). Manuel levou dois tiros um na nuca e outro próximo da orelha. Segundo relatos de populares, Manuel estava acompanhado de três mulheres e sentado de costas para a rua quando foi alvejado vindo a óbito em frente ao Bar do Leo, localizado na quadra, 1, Avenida Central da Vila Rabelo II.

Populares também relataram aos policiais militares do prefixo (1953), Sargento J. Morães e soldado Carneiro que preservava o local do homicídio para o trabalho da criminalística que o autor chegou de moto cor vermelha e usando capacete branco se aproximou de Manuel Cavalcante e disparou duas vezes, fugindo em seguida. Agente do plantão da 35ª Delegacia de Polícia de Sobradinho II responsável pelas investigações esteve no local. O corpo de Manuel Cavalcante foi removido pelo rabecão por volta das 2h00 da madrugada de segunda-feira (31/01) e levado para o IML.

(*) Por Ferreira Santos texto e fotos / Especial para o Jornal de Sobradinho

POLITICA: Projeto de lei cria cemitérios públicos populares no DF


O Projeto de Lei 1.129/2009, de autoria do deputado distrital Raad Massouh (DEM), prevê a construção de cemitérios públicos populares no âmbito do Distrito Federal para atender famílias carentes. Segundo o autor, o custo dos sepultamentos está muito alto e muitas pessoas não têm condições de arcar com o valor. O projeto está na pauta e aguarda votação em primeiro turno.

O projeto surgiu quando o deputado foi assistir a um velório em Planaltina de Goiás. “Eu vi uma família sepultando várias pessoas ao mesmo tempo”, disse Raad. A cena o sensibilizou e lhe deu a idéia inicial do projeto. Os moradores de Sobradinho II, por exemplo, preferem fazer os velórios em Planaltina de Goiás pelo custo mais baixo. “O sepultamento não deve ser oneroso ao cidadão. Quero que as famílias tenham respeito de dignidade”, destaca Massouh.

O deputado explica que a criação dos cemitérios não vai ter grande impacto financeiro para o governo local. Os cemitérios podem ser administrados pelas regiões administrativas e aproveitar funcionários das mesmas. Os cargos técnicos como coveiro e pedreiro devem precisar de contratação e o deputado não descarta que esses cargos podem ser preenchidos por concurso público.

*Informações do Tribuna do Brasil/blog do Carlos Honorato/foto Clives Sampaio.

EDUCAÇÃO: Quinze milhões de alunos estudam em escolas sem biblioteca no país


Escola em Sobradinho, DF

BRASÍLIA - Na volta às aulas, milhões de alunos de todo o país vão estudar este ano em escolas onde não há laboratório de ciências, biblioteca, laboratório de informática ou quadra de esportes. O Censo Escolar do Ministério da Educação (MEC) mostra que, no ano passado, 27 milhões de estudantes de ensino fundamental e médio (70% do total) frequentavam estabelecimentos sem laboratório de ciências. A inexistência de bibliotecas era realidade para 15 milhões (39%), enquanto 9,5 milhões (24%) estavam matriculados em escolas sem laboratório de informática, e 14 milhões (35%), em unidades sem quadra esportiva.

Os dados foram divulgados pelo MEC em dezembro e consideram tanto a rede pública quanto a privada. No ensino médio, menos da metade das escolas tinha laboratório de ciências. Nas séries finais do ensino fundamental, a situação era mais grave: só 23% delas estavam equipadas. Nas séries iniciais do fundamental, apenas 7% dos estabelecimentos tinham laboratório de ciências.

"Os alunos possivelmente terão prejuízo na formação"
Falando em nome do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), a secretária de Mato Grosso, Rosa Neide Sandes de Almeida, diz que as deficiências na infraestrutura prejudicam a aprendizagem. Ela culpa a falta de investimentos em governos anteriores, tanto em nível federal quanto estadual e municipal, mas ressalva que a situação começou a mudar na última década:

- Os alunos possivelmente terão um prejuízo significativo na sua formação. Isso com certeza tem consequências para o nível de escolaridade que a gente oferece à nossa população. O Brasil ainda está fazendo o dever de casa em aspectos primários da escola - diz Rosa Neide.

A falta de infraestrutura preocupa a Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC). O coordenador do Grupo de Trabalho de Educação da SBPC, Isaac Roitman, considera a situação vergonhosa e defende o lançamento de um Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) específico para recuperar escolas e formar professores. Até hoje, nenhum brasileiro foi agraciado com o prêmio Nobel.

- Deveria ser prioridade para quem pensa no futuro do Brasil - disse Roitman, por e-mail.

O consultor do movimento Todos pela Educação e membro do Conselho Nacional de Educação (CNE), Mozart Neves Ramos, critica a falta de padrões mínimos para o funcionamento de escolas. Segundo ele, o poder público deveria estabelecer critérios e fazer a certificação das escolas.

Em maio, o CNE aprovou parecer definindo padrões de qualidade para a rede pública, o que exigiria aumentar investimentos em educação. O parecer só vale se for homologado pelo ministro Fernando Haddad, o que ainda não ocorreu. Segundo o MEC, o texto permanece em análise.

- A gente não pode oferecer escola de qualquer jeito. É preciso dizer quais são os insumos que se espera que uma escola tenha - diz Mozart.

Ele chama a atenção para outro ponto: não basta ter laboratórios e bibliotecas, é preciso que professores e alunos utilizem os recursos:

- O pior de tudo é que, mesmo nas escolas que têm laboratórios, eles são pouco usados - diz Mozart.

Em escola no DF, computadores sem uso
O Distrito Federal, unidade da Federação que lidera rankings de avaliação do MEC, não foge à realidade revelada pelo censo. O Centro de Ensino Fundamental Fercal, na cidade-satélite de Sobradinho, não tem biblioteca nem laboratório de informática. A escola recebeu 20 computadores do MEC no ano passado, mas dez máquinas permanecem nas caixas, e as demais não são usadas.

O vice-diretor Samuel Wvilde diz que a rede elétrica não suporta o funcionamento simultâneo dos computadores. Há um projeto de reconstrução da escola. Os livros de literatura ficam guardados junto com o material esportivo. O resto do acervo foi transferido para outra escola, onde está sem uso. O centro atende a 1,1 mil alunos de ensino médio e dos anos finais do fundamental.

A Escola Classe Engenho Velho, com 420 alunos, não tem biblioteca nem laboratório de informática. A vice-diretora Susan Fernandes conta que o MEC já ofereceu computadores três vezes, mas a doação foi recusada porque o prédio não tem sala disponível. Os livros de literatura ficam guardados em caixas, que são levadas pelos professores para as salas de aulas.

O MEC informa que investiu R$ 774 milhões na compra e distribuição de computadores capazes de beneficiar 30 milhões de alunos, entre 2004 e 2010.

Por Demétrio Weber/O Globo - foto André Coelho/O Globo

ESPORTE 1 : Sobradinho, o berço de grandes atletas



Quem não se lembra da primeira mulher a vencer a corrida de São Silvestre? A atleta sobradinhense Carmem de Oliveira, foi a campeã da prova, e colecionou inúmeros outros títulos.

Nascida em Sobradinho, sua primeira participação esportiva foi em 1962 em uma prova de Cross country, obtendo a quinta colocação.No ano seguinte, participou do Campeonato Brasileiro de Atletismo Juvenil, vencendo a prova de 3 mil metros rasos e estabelecendo um novo recorde. Assim começou a carreira de Carmem. “Fico orgulhosa por servir de exemplo, para muitos jovens da cidade”. Atleta do Sobradinho Esporte Clube, filiado à Federação Brasiliense de atletismo, Carmem foi para o atletismo paulista em 1986, retornou para o Distrito Federal em 1991 e, em 1996, transferiu-se para o atletismo carioca.

Ela começou a correr aos 17 anos, a convite do técnico do Clube de Atletismo de Sobradinho(CASO), João Sena, e seguiu com ele até agosto de 1994, foi sob sua orientação que, ela alcançou todos os seus recordes Latino – Americano. Na maratona, Carmem foi a primeira mulher Sul – Americana a correr 42,195 quilômetros em menos de duas horas e meia.

Hoje, aos 46 anos, a atleta trabalha voluntariamente como, dirigente esportiva e é servidora pública. “Temos 1.800 atletas inscritos na Federação de Atletismo”, Conta Carmem, que sonha trazer uma grande prova de atletismo para a cidade.

Professor Sena, além do trabalho com Carmem, também investiu em outros atletas e hoje realiza um trabalho pastoral. “Vou à casa dos alunos buscá-los e deixá-los”, conta. Várias vezes o professor usou seu próprio dinheiro para comprar tênis e até para levar atletas para competir. “Já cheguei a Gastar R$ 3.200 para levar oito atletas para a Copa Brasil de Marcha Atlética em Santa Catarina”, revela.

Sena descobriu grandes talentos do esporte, como, Solange Cordeiro, Marizete Moreira, Hudson Santos , Cléia Cruz, Caio Sena e outros. “Acredito que ainda há falta de respeito com o atletismo no Brasil. Minha luta não parou por aqui”, lamenta.

Carmem continua morando em Sobradinho. É casada e mãe de duas filhas. Encerrou sua carreira cedo e resistiu durante algum tempo, a se envolver com o esporte, dedicando-se a pedagogia. Mas agora, luta para aumentar a visibilidade do atletismo no País e que a ajuda dos setores públicos e privados para descobrir novos talentos, “Minha busca constante é para divulgar o atletismo. É minha paixão”.


fonte de pesquisa jornal de brasilia/ fotos google images

ESPORTE 2 : Um Domingo de bons resultados para a Escolinha do Laerte de Sobradinho em Itararé-SP


Escolinha de Futebol do Laerte
DECISÕES ACIRRADAS EM ITARARÉ-SÃO PAULO
(Domingo de Rocha)

Com muito estilo e exibindo a arte de jogar bola,desde o ultimo dia 25, os meninos de Sobradinho estão representando a nossa cidade numa competição de alto nível que envolve equipes representativas de diversos estados brasileiros e de países vizinhos.

A categoria formada pelos nascidos em 1999 passou pelas fases de classificação e foi eliminada na semifinal ao perder para o Cruzeiro de Santa Catarina pelo placar de 2X1. Os bons de bola da categoria 2000, depois de passarem pelas fases classificatórias, venceram a Seleção do Paraguai por 3X1 na semifinal e vão para a finalíssima contra o São Caetano-SP. Os nossos pupilos nascidos em 1997 depois de passarem pelas fases classificatórias, bateram na AABB-SP nas quartas de final por 3X0 e vão para as semifinais com gosto de gás para cima do Vila Catarina-SP.

Quem tá fazendo bonito também, é a categoria Infantil do Sobradinhense que depois de passar pelas fases de classificação, goleou o União Portela do Rio de Janeiro por 5X1 nas quartas de final e agora vai para cima do Cotia de São Paulo em busca da vitória na semifinal e, depois venha quem vier, será atropelado na finalíssima. O saldo positivo das equipes de Sobradinho é o mais badalado nos bastidores do grande acontecimento naquela Cidade Paulista.

Por João Timóteo repórter esportivo do Jornal de Sobradinho texto e foto

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

EDUCAÇÃO/ CIL - CENTRO INTERESCOLAR DE LINGUAS DE SOBRADINHO: Vagas Remanescentes para o 1º semestre 2011


A matrícula em vagas remanescentes está prevista para os dias 02,03 e 04 de fevereiro. Observe o turno em que há vagas.

Os alunos que cursam a 5ª série/6º ano e a 6ª série/7º ano ingressam no nível Juvenil 1.

Os alunos que cursam a 7ª série/8º ano e a 8ª série/9º ano ingressam no nível Básico 1.

Os alunos do Ensino Médio ingressam no nível Específico 1.

Os alunos do 2º e 3º segmentos da EJA em geral ingressam no Específico 1.

Efetivação de matrículas em vagas remanescentes

Os pais ou responsável legal, quando o estudante for menor de idade, ou o próprio estudante, quando maior de idade, deverão comparecer à secretaria da escola nos dias 02, 03 e 04 de fevereiro, com todos os documentos listados abaixo. Na escola, deve-se preencher a ficha de Solicitação de Matrícula Escolar. O atendimento será por ordem de chegada.

A secretaria do CIL atenderá de segunda a sexta, das 8h às 11h30 e das 14h às 17h00.

DOCUMENTOS:
Original e cópia da Certidão de Nascimento,
2 (duas) fotos 3X4,
Comprovante de residência,
Registro Geral (RG), Cadastro de Pessoa Física (CPF), quando for o caso,
Declaração de Escolaridade expedida por escola da rede pública de ensino do DF, constando série e turno em 2011.
Os pais ou responsável legal do estudante menor de idade deverão apresentar RG e CPF.

fonte blog do CIL/SOBRADINHO - http://www.cilsob.org/

MEIO AMBIENTE: A outra realidade do Parque Jequitibás em Sobradinho




















JEQUITIBÁS, UM PARQUE AMEAÇADO DE MORTE

* Ferreira Santos

Nesta sexta-feira dia (28/01), resolvi fazer uma caminhada pelas trilhas internas do Parque dos Jequitibás e fazer algumas imagens. Cheguei as 12h00, permanecendo dentro do parque dos Jequitibás situado abaixo da quadra 11, Sobradinho até as 14h30. O que eu visualizei? Acompanhe o relato e veja as fotos.

Para caminhar pelas trilhas e chegar ao mais possível do córrego que tenta sobreviver aos caprichos dos humanos sem consciência ambiental, foi preciso dividir o espaço entre mato alto, a lama e muita sujeira.

Dentro do parque a paisagem é bem diferente. Parece até que pássaros, insetos, borboletas, árvores, córrego, plantas e trilhas estão no lugar errado.

As espécies de vida existentes no parque dividem o espaço com pneus, embalagem de preservativo, sacola plástica de supermercado, calcinhas esquecidas em tronco de arvore, par de sandálias no meio do mato, garrafa plástica, galhos secos de árvores e latas vazias de cerveja, lixo jogado dentro do córrego e ao longo do parque pelo homem.

Mesmo sofrendo com descaso e desrespeito, foi possível fazer imagens da natureza, a vida, que ameaçada, tenta se reproduzir dentro do Parque dos Jequitibás.

É preciso ver o parquinho, brinquedos quebrados e criança desolada.
Veja as imagens feitas hoje dia 28/01/2011 sexta-feira.

(*) Por Ferreira Santos texto e fotos - Especial para o Jornal de Sobradinho

CLDF 1: Distritais iniciam nova legislatura na terça-feira


Conjunto arquitetônico da sede atual da Câmara

A Câmara Legislativa do Distrito Federal retoma os trabalhos em plenário na próxima terça-feira (01/02) com a realização de uma sessão ordinária, de caráter solene, com início previsto para as 15h. Além da presença dos 24 parlamentares, está prevista a vinda do governador Agnelo Queiroz, além de secretários, administradores regionais, autoridades de outros poderes e representantes de várias entidades.

Antes dos pronunciamentos dos parlamentares, eleitos em outubro do ano passado, haverá execução do hino nacional, em Plenário, pela banda da Polícia Militar do DF. Esta será a sexta legislatura da Câmara Legislativa, inaugurada em janeiro de 1991.

Nos próximos dias, uma das prioridades dos deputados distritais deve ser as eleições para as presidências das comissões permanentes, ouvidoria e corregedoria da Casa, como também a ocupação dos cargos comissionados, que aguarda a liberação da Justiça. Ainda não há previsão para o início de votações, em Plenário.

Juventude - Já na próxima quarta-feira (2) está marcada a realização de uma sessão solene, conforme proposta da deputada Celina Leão (PMN), para comemoração do aniversário de lançamento da Frente Parlamentar da Juventude. O evento começa às 10h, no Plenário.

Saiba quem são os 24 distritais da nova legislatura: http://www.cl.df.gov.br/cldf/parlamentares/copy2_of_legislatura-atual/. Conheça também um pouco da história da Câmara Legislativa, leia http://www.cl.df.gov.br/cldf/historia/historia-da-camara-legislativa e http://www.cl.df.gov.br/cldf/historia.


Por Zildenor Ferreira Dourado - Coordenadoria de Comunicação Social / foto: Rinaldo Morelli/CLDF

CLDF 2 : Juiz derruba liminar que proibia contratações

O juiz Álvaro Ciarlini, da 2ª Vara de Fazenda Pública, revogou na tarde desta sexta-feira (28/1) a medida liminar que proibia a Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) a fazer contratações. Com isso, os deputados poderão nomear os assessores para compor os gabinetes parlamentares. O magistrado tomou a decisão com base no relatório de gestão do terceiro quadrimestre de 2010. O documento comprovou a adequação dos gastos com pessoal à Lei de Responsabilidade Fiscal.

A Câmara estava impedida de onerar a folha de pagamentos desde agosto de 2010, quando o juiz concedeu a liminar provocada por ação popular do Sindicato dos Servidores do Poder Legislativo (Sindical). Na época, os deputados haviam atingido o índice de 1,74% da receita corrente líquida (RCL) com despesas com pessoal. A LRF estabelece que acima dos limites de 1,62% (prudencial) e de 1,70% (máximo) o órgão fica impedido de fazer qualquer nomeação ou de conceder aumento salarial.

Os novos deputados distritais tomaram posse, em 1º de janeiro, sem poder montar os gabinetes. Por conta disso, a Mesa Diretora resolveu tomar algumas atitudes para demonstrar comprometimento da Casa com a redução dos gastos. Foram exonerados 477 comissionados e iniciado estudo para reforma administrativa. Na última quarta-feira, o procurador-geral do DF, Rogério Chaves, e o procurador-geral da CLDF, Fernando Nazaré, se reuniram com o juiz para mostrar os novos dados. Depois eles protocolaram a petição para pedido da revogação da liminar.

Fonte: Correio Braziliense

PARQUE DOS JEQUITIBÁS : Um espaço preservado em Sobradinho




Em Sobradinho, um local bastante arborizado e agradável é o Parque dos Jequitibás, que fica na saída norte da cidade, próximo à Quadra 13. O parque foi criado no dia 28 de dezembro de 1994 e desde então oferece aos visitantes, paz, lazer e, principalmente, a beleza e a biodiversidade do cerrado. São 11,2 Hectares de mata de galeria com grandes Jequitibás. A mata possui grande importância para a fauna.

“Nossa cidade merece lazer desse porte. Aqui é bastante freqüentado por estudantes e nas férias, chegamos a receber 500 pessoas por dia”. Diz Carmelita Nunes, ex-administradora do Parque Jequitibás e moradora de Sobradinho. Como atrativo do local, estão bosques, varanda panorâmica, trilhas ecológicas e playground. Também há varias espécies de plantas.

O objeto da criação do Parque dos Jequitibás foi proteger os recursos ambientais, formar consciência ecológica na população, estabelecer programas ambientais, além de muita diversão para a comunidade de Sobradinho. “Aqui temos, macacos, abelhas, micos, aranhas, cobras e uma infinidade de animais”, diz Carmelita.

Próximo ao teatro de arena do parque dos Jequitibás existe uma espécie vegetal, muito interessante, é o Canzileiro, uma árvore típica do cerrado. Ela é da família das leguminosas. Esta árvore é curiosa, porque têm temperaturas, quentes e expelem líquidos, dando a impressão de que estão chorando. Popularmente também é conhecida, como, amendoim-do-Campo, faveiro, jacarandá-branco, bico-de-pato, jacarandá do Campo e outros.

O parque dos Jequitibás, funciona diariamente, de segunda a domingo, de 6h30 às 19h. Segundo informações da administração, os jequitibás são árvores nativas da mata atlântica brasileira, existentes principalmente na Região Sudeste e em alguns estados dos Jequitibás, foi cortada para transformar em material de construção e mobiliário.

fonte jornal de brasilia/ fotos sobradinho net

IPVA: Deputada Distrital Celina Leão quer alterar valores do imposto


A deputada distrital Celina Leão (PMN) protocolou, ontem, na Câmara Legislativa, um projeto de lei que prevê o desconto de 5% para quem pagar o Imposto Sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) a vista e também autoriza que o governador Agnelo Queiroz reduza, por meio de decreto, os valores dos impostos que contrariaram os contribuintes. “Não vou admitir que as pessoas fiquem sem o desconto de 5% e paguem valores tão injustos assim”, explicou a parlamentar. “O desconto é tradicional para os que pagam a cota única, não há uma justificativa plausível para que ele não seja concedido”, completou. O projeto da deputada prevê que aqueles que já pagaram o IPVA sem o desconto ficarão com o valor referente ao desconto de crédito com o governo até 2012, para serem usados nos pagamentos de IPVA ou IPTU.

Ao sair do cargo, o ex-governador do Distrito Federal, Rogério Rosso, criou uma situação inédita a respeito das correções no Imposto sobre Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU) e no IPVA: Rosso não sancionou, até 31 de dezembro do ano passado, os projetos de lei aprovados pela Câmara Legislativa (CLDF) relativos à definição de valores e descontos para a cobrança dos impostos. Para solucionar esse impasse, o GDF teve que congelar os valores dos impostos baseados na tabela aprovada no ano fiscal de 2010, além de vetar os dois projetos aprovados pela CLDF.

fonte Tribuna do Brasil / foto divulgação

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

UTILIDADE PÚBLICA: O SENAC-DF está oferecendo cursos gratuitos através do Programa Senac Gratuidade (PSG).

O SENAC Sobradinho está oferecendo os cursos de Técnico em Contabilidade, Técnico em Secretariado, Técnico em Informática e Recepcionista de Hotel.

Outros cursos em diversas áreas como Imagem Pessoal, Gastronomia, Gestão e Negócios, Informática e Saúde também estão sendo oferecidos gratuitamente em todas as Unidades do SENAC-DF.

As inscrições iniciam dia 31 de janeiro de 2011.

Para acesso ao Edital e maiores informações acessem o site www.senacdf.com.br ou pelos telefones 3591-8877/ 3387-3350.

HISTÓRIA: A PRIMEIRA PANIFICADORA



Os cabelos brancos revelam as marcas do tempo em que o comerciante Wilmar Ferreira Peixoto acompanha Sobradinho de forma tão íntima na vida de seus habitantes, atendendo às necessidades alimentícias desde a primeira geração da cidade até a geração atual. Assim fica fácil entender por que falar dos quase 51 anos de Sobradinho é também falar dos lugares que participam tão intimamente da vida cotidiana dos moradores, como a Panificadora Pão de Sal.

Com 28 anos de tradição, a Panificadora Pão de Sal, foi a primeira padaria a abrir as portas em Sobradinho. “Muita gente vinha aqui quando criança, e hoje essas pessoas voltam para comprar pão com os filhos. A padaria faz parte da história de Sobradinho” , disse se Wilmar, orgulhoso de seu estabelecimento. “Os próprios funcionários de hoje freqüentavam a padaria quando eram pequenos”, completa.

Nos 40 anos de Sobradinho, a padaria produziu um bolo de 40 metros em homenagem à cidade. Hoje, a Panificadora realiza uma série de ações sociais que ajudam a melhoria de vida, não apenas dos cidadãos de Sobradinho, mas também de outros lugares do Distrito Federal.

Com a campanha “Troque uma garrafa pet por um pão”, a panificadora arrecadou inúmeras garrafas que foram repassadas para a cooperativa Sem Dimensão, que hoje sustenta mais de 200 pessoas com a venda de objetos feitos de material reciclado. A Panificadora também patrocina o time de futebol do Cruzeiro, ajudando na compra de material, uniformes e lanches em dia de jogo.

Seu Wilmar conta que quando a padaria surgiu, ele conhecia todos os que frequentavam o estabelecimento. Hoje, a padaria está sempre cheia, e tem rostos novos circulando por ali. “Compro na Pão de Sal desde que ela começou. Era tudo muito simples. Dá orgulho de ver onde ela chegou!” conta o comerciante Sávio Lopes, de 47 anos.

fonte jornal de brasilia/ fotos Júnior Nobre

TURISMO RURAL: Grupo de Calvagada Aventureiros da Paz Núcleo Rural Cantingueiro – Sobradinho DF


O GRUPO DE CAVALGADA AVENTUREIROS DA PAZ, FUNDADO POR LINCOLN DE SENA MOURA (CHÁCARA RECANTO DA PAZ – CATINGUEIRO) e JORGE RODRIGUES SOARES – JORGE POPÓ (RANCHO AVENTURA – CATINGUEIRO) , desenvolve calvagadas e passeios ecológicos e típicos da zona rural, contemplando natureza exuberante da região da Fercal/Catingueiro/Ribeirão/Brocotó/Sítio do Mato, com trilhas, riachos, fazendas, morros, vales, cerrado, vegetação típica, curtindo em família e companheirismo, as belezas naturais, com muita paz, harmonia e diversão.

As cavalgadas são um programa emocionante, fortalecendo os laços de amizade, interação e integração. São emoções inesquecíveis. O Grupo de Cavalgada Aventureiros da Paz, além das atividades acima, também oferece estrutura de baías modernas, piquetes, para aluguel, acomodação e tratamento de eqüinos. Desenvolvendo ainda, de forma pioneira na região da Fercal/Catingueiro, adestramento, aulas de equitação, inclusive baliza e tambor, marcha, etc., preparo de animais para exposição, com muita competência e experiência.

A diversidade rural de Sobradinho, sua geografia, suas riquezas naturais, são considerados ideais para atividades campestres, o que motivou a formação do Grupo de Cavalgada Aventureiros da Paz, que vem interagindo comunidade urbana e comunidade rural, valorizando o homem do campo e suas atividades, sendo mais uma opção de lazer e eco-turismo em Sobradinho. Sediado no Catingueiro (Chácara Recanto da Paz), distante 40 Km. do centro de Brasília, e a menos de 20 Km. do centro de Sobradinho, via DF 150 (Fercal) e DF 205 Oeste (Catingueiro) no Km. 10 .

Por ASCOM

CULTURA: Teodoro Freire o pai do Bumbá Candango


Maranhense e flamenguista, Teodoro Freire, de 90 anos, veio para Brasília, direto para Sobradinho onde mora até hoje. Na ocasião, enfrentou muitas dificuldades, como a poeira constante e saúde sua terra natal. Mas viveu, também, muitas alegrias e conquistou sua sonhada casa própria. Desde que chegou na cidade, buscou diversão, mas diz, que nada era igual às festas do Maranhão. Decidiu então inserir algo da cultura Maranhense na do Distrito Federal e trouxe o Bumba-meu-Boi, traço expressivo da cultura do Maranhão.

Essa manifestação folclórica ocupa o lugar de destaque na cultura maranhense, sendo uma tradição em homenagem a São João, o protetor e padroeiro da brincadeira. A boiada e desenvolvida durante as festas juninas. “É minha vida e minha paixão, junto com o meu time, o Flamengo”, diz Teodoro. A paixão pelo time é tão forte que um de seus 18 filhos, recebeu o nome de Flamengo.

O pioneiro conta que a tradição é familiar, e que hoje já são mais de 70 seguidores do Boi. Em Sobradinho, Teodoro criou seus filhos e netos. “Aqui é diferente das outras cidades. Não vejo essa harmonia em outro local”, confessa. O maranhense adora ouvir musica popular brasileira e diz não gostar de nada que seja de fora do Brasil. “procuro cultivar, até hoje, nossa cultura. Samba é bom, funk não”, resume sua preferência.

Em Sobradinho, o passeio predileto de Teodoro Freire é andar pelas ruas da cidade. “Onde passo encontro pessoas conhecidas. Paramos para bater papo e é muito bom”, relata o senhor de expressão alegre, e sábia que não se cansa de falar da cidade. Conta que foi em Sobradinho que construiu sua vida e que a cidade recebeu de braços abertos, e por isso nunca quis se mudar .

Atualmente, quem cuida da divulgação do Bumba-meu-Boi é seu filho Guará. Além do ensaio e da diversão semanal, o grupo festeja a dança nas escolas de Sobradinho. Em 2006, o pioneiro recebeu das mãos do Presidente da República, Luís Inácio Lula da Silva, o titulo de comendador, por manter viva a tradição da cultura popular brasileira.

fonte de pesquisa jornal de brasilia / foto divulgação

PÓLO DE CINEMA E VÍDEO : A SÉTIMA ARTE PARA TODOS


Um dos feitos que Sobradinho pode se orgulhar nesses quase 51 anos de existência é a construção do Pólo de Cinema. Inaugurado em 26 de maio 1993, o pólo foi construído com o objetivo de se tornar, um grande centro de produções cinematográficas do Distrito Federal.

“Brasília precisava de um incentivo para a área cinematográfica, e o Pólo de Cinema trouxe isso para a região. Hoje, o distrito federal é o terceiro maior produtor de cinema no Pólo, Vanderlei Silva.

A primeira produção cinematográfica realizada pelo Pólo de Cinema de Sobradinho foi o longa-metragem A terceira margem do rio, de Nelson Pereira dos Santos. Hoje, o Pólo já realizou cerca de 450 produções cinematográficas.

Em sua primeira década de existência, o pólo brasiliense contabiliza, além de uma série de oficinas e cursos sobre roteiro, montagem, direção, interpretação, fotografia, som, efeitos especiais e maquiagem, um total aproximado de 80 títulos, realizados sob o seu patrocínio ou apoio.

São filmes de diretores brasilienses estreantes, nomes consagrados, produções de diversas regiões do País. Em Julho de 1996, projeto de lei do deputado Wasny de Roure é aprovado e passa a denominá-lo Pólo de Cinema e Vídeo Grande Otelo.

O pólo hoje é dono do maior estúdio de cinema do Distrito Federal, e qualquer projeto cinematográfico pode utilizar o espaço gratuitamente.

fonte jornal de brasilia / foto Junior Nobre

DIVERSÃO : Casa do Quibe tem o melhor happy hour da cidade serrana







UM ATRATIVO PARA TODAS AS HORAS

Um exemplo dessa consolidação empresarial em Sobradinho é a Casa do Quibe, um dos mais tradicionais restaurantes da região. O estabelecimento é ótima alternativa para almoços e happy hour de fim de tarde. Tornou-se também um dos principais points da cidade.

Localizado na comercial da Quadra 03/01, a Casa do Quibe oferece um cardápio amplo, com drinks e petiscos para todos os gostos. Recentemente foi incluso no circuito gastronômico de Brasília, e o que era para ser algo imperceptível, até pela falta de uma boa logística inicial, acabou se tornando um dos mais habituais do segmento.

Em funcionamento há mais de 23 anos, o restaurante serve caldos, comida lacarte, tira gostos variados, quibes em diferentes preparos e a tradicional feijoada aos sábados. Seu carro chefe, o quibe assado com carne ou queijo é algo que pode faltar nas mesas e há mais de duas décadas em espaço cativo no gosto dos freqüentadores.

(*) MAIORES INFORMAÇÕES E RESERVAS:(61)3591.9555

fotos Junior Nobre

POESIA: Se eu pudesse ...


Se eu pudesse, faria chover flores na tua vida
Pelas manhãs eu choveria gérberas lilases
Nas tardes, eu choveria hortênsias de cor anil
E nas noites, cobriria o teu céu com as flores de abril

Se eu pudesse, trocaria tuas lágrimas, teu pranto
Por brisas de alegria, doçura e encanto
Se eu pudesse, clamaria ao sol que nunca deixasse de brilhar
Sobre a tua pupila, teus lírios, teus campos

Se eu pudesse, te ofertaria sons de flautas ao luar
Daria asas aos teus sonhos mais doces
Enfeitaria tua estrada com estrelas douradas
E te presentearia com o infinito do mar.


Por Arnalda Rabelo - poetisa e empresária de Sobradinho( Proprietária da Engrenagem Oficina da Moda - Comercial da Quadra 08)/ foto divulgação

SEGURANÇA: Dicas do Professor Camilo


“O SEQUESTRO RELÂMPAGO AINDA ESTÁ NA MODA”

É comum a ocorrência do chamado sequestro relâmpago (roubo com privação da liberdade) nas saídas das faculdades, dos bares, dos caixas automáticos, em fim, sempre que alguém esteja saindo de um local, sobretudo em horário noturno, desacompanhada e desatenta, torna-se uma vítima em potencial.

Isto pode acontecer com qualquer pessoa, inclusive com você, portanto, adote sempre uma postura de atenção; um estado de alerta, pois tal atitude desestimula o meliante, o qual tem como alvo principal as pessoas mais distraídas, tais como aquelas que falam ao celular pelas ruas ou que ficam sentadas no veículo por longo tempo sozinhas, esperando alguém ou simplesmente descansando.

Também é comum que o sequestro relâmpago ocorra em frente a sua garagem quando da sua chegada ou saída.

Previna-se. A prevenção é a melhor técnica de defesa pessoal que existe.

(*)Especial para o Jornal de Sobradinho