Pesquise neste blog

quinta-feira, 30 de julho de 2009

DF-150 Duplicada





As máquinas não param. A obra de duplicação da DF-150 teve início em março deste ano. São 15 quilômetros: do balão do Colorado até a Fercal. A obra beneficiará 20 mil veículos que passam pela região todos os dias. Reivindicação antiga dos moradores da região de Sobradinho, Sobradinho II, condomínios e Fercal, a obra foi autorizada pelo governador José Roberto Arruda numa audiência pública realizada na Fercal. De acordo com o administrador de Sobradinho, Alexandre Yanez, a obra custou R$ 45 milhões aos cofres do GDF e deve ser entregue em 10 meses. “ Esta é uma das principais obras da nossa região, pois vai proporcionar mais segurança e qualidade de vida aos moradores”.
Além da duplicação da DF-150, outras benfeitorias anunciadas pelo governador foram: a construção do reservatório de água para abastecimento das residências da Fercal, asfaltamento de vários bairros, o início do terceiro turno no Posto de Saúde e a abertura de licitação para organização do transporte coletivo.
Operação Cidade Limpa

Desde a sua posse em outubro do ano passado, o administrador de Sobradinho, Alexandre Yanez, tem tido um cuidado muito especial com sua cidade natal, que é mantê-la sempre limpa e organizada. A Operação Cidade Limpa está sendo executada pela Gerência de Obras, semanalmente, nas atividades: pintura de meios fios, roçagem, poda de árvores, varrição de rua, retirada de entulho em todas as áreas verdes, desobstrução das bocas de lobo e reposição das tampas de bueiro. Além, de realizar a operação tapa-buraco e pintura das faixas de pedestre.
“Pedimos a colaboração da comunidade para manter a cidade limpa”, pediu Alexandre Yanez.

Biblioteca de Sobradinho é a primeira do DF a receber Internet
Começou a funcionar no dia 06 de julho, na Biblioteca Pública de Sobradinho o acess point (ponto de acesso) para conexão sem fio à internet. O aparelho instalado oferece uma velocidade total de 2 megas e sustenta cerca de 20 conexões simultâneas. Esta é a primeira biblioteca pública no Distrito Federal com conexão wirelles (sem fio).
A Administração Regional tomou a iniciativa de instalar o aparelho devido o grande fluxo de estudantes que freqüentam a biblioteca e os 11 computadores existentes não atende a demanda.
Funcionamento
A Biblioteca Pública de Sobradinho funciona de segunda a sexta-feira de 9 às 22 h e de 8 às 18 h nos sábados.

Cultura nas Cidades





No último dia 14 de julho, nossa cidade recebeu a sexta edição do projeto “Cultura nas Cidades” na AR 13/09 estacionamento do CAIC. Foi um verdadeiro sucesso, o evento contou com um público superior a cinco mil pessoas e a atração escolhida pela internet também foi Record, Henrique e André somaram mais de 9 mil votos.
A programação no palco teve início a partir das 13 horas com apresentação da Escola de Samba Bola Preta, e vários grupos de dança se seguiram como, Requebras, Os Bandulas, Os Malvados, Mexe Comigo, Charme, Bonde Tentação, Sem Censura, Moleque Ousados, The Girls, Street Dance( Grupo Azulim), Treme tudo, The Black, Delírios e Big Boys.
Fazendo parte da programação local tivemos também as apresentações do grupo 100% Sedução, Restaura Samba, Projétio da Paz, Retrato Falado, Mc Diesel. Apresentaram esta 1ª etapa os locutores: Silvio Brasil e Rodrigo.

Após as 15 horas tivemos apresentação de 3 atrações locais, escolhidas por votação, no site da Secretaria de Cultura. Os primeiros a se apresentarem foram os sambistas do Luz do Samba, Jorginho líder do grupo, elogiou a forma de escolha “Acho esse projeto espetacular. O mais interessante é a oportunidade que a comunidade tem de se manifestar, escolhendo os artistas que estarão no palco”.
Logo após, se apresentaram a dupla Alan e Brenno tocando o melhor da música sertaneja eles elogiaram a estrutura de palco, som e iluminação.
Encerrando as atrações locais, mais música sertaneja com a dupla Henrick e André, os mais votados da enquete com de 9.442 votos. “Esse resultado e fruto do trabalho que estamos desenvolvendo ao longo deste último ano” afirmou André.
Pela proposta do projeto duas atrações são de outras cidades, fazendo assim um intercambio cultural entre os artistas. As escolhidas para Sobradinho II foram a dupla sertaneja Brenno e Matheus e a Banda Papel Marche.

Finalizando a noite, como atração principal, o Grupo Fundo de Quintal vindo diretamente do Rio de Janeiro subiu ao palco às 10h30, esbanjando alegria e muita música boa até a meia noite. O público presente se deliciou acompanhando atuais e velhos sucessos.
A edição do “Cultura nas Cidades” em Sobradinho II foi eleita, até então, a melhor pela participação popular e pela integração com a Administração, segundo os funcionários da Secretaria de Cultura, organizadores do evento.

Silvio Brasil

Governador destaca papel da Câmara na criação do programa Nota Legal





















Mesa durante lançamento do Nota Legal - (Foto: Carlos Gandra/CLDF)


O governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda, lançou dia (30), no plenário da Câmara Legislativa, o programa Nota Legal, que busca incentivar a emissão de notas fiscais nos estabelecimentos do DF. Arruda destacou a importância da Câmara na criação do programa. "Gostaria de dizer à sociedade como estou grato ao trabalho da Câmara Legislativa. A idéia da Nota Legal nasceu antes mesmo da minha posse, quando deputados distritais me procuraram apresentando essa idéia, inspirada num projeto do Estado de São Paulo", afirmou.
O presidente da Câmara, deputado Leonardo Prudente (DEM), enalteceu a parceria entre os Poderes Legislativo e Executivo na construção do projeto. "Essa harmonia permitiu que o programa saísse do papel. A Câmara Legislativa deu a sua contribuição para reduzir a carga tributária. Esse projeto foi apresentado em 2007 e de lá pra cá vem sendo aperfeiçoado pelos parlamentares e pelo Executivo. Louvamos o gesto do governador, que lança o programa aqui na Câmara, onde o projeto nasceu", destacou Prudente.
Para a deputada Eurides Brito (PMDB) o programa é, antes de tudo, uma política de educação fiscal. "Façamos deste lançamento o início de um processo educativo da população. As pessoas às vezes têm vergonha de pedir a nota fiscal, quando isso é um direito do consumidor e um dever do comerciante", conclamou.
Como Funciona - O programa Nota Legal visa conceder créditos de até 30% nos valores pagos a título de ISS ou ICMS na compra de mercadorias ou contratação de serviços de empresas do Distrito Federal, que poderão ser utilizados para abatimento dos valores do IPTU e do IPVA do contribuinte. Para ter direito ao crédito basta que o consumidor peça a nota fiscal no estabelecimento e informe o seu número de CPF, que será cadastrado pela empresa no site da Secretaria da Fazenda.
De acordo com a Lei 4.158/08, que cria o programa, o contribuinte pode utilizar os créditos obtidos em seu favor ou transferi-los para terceiros. A lei também prevê multa de R$ 50,00 ao estabelecimento que não efetuar o cadastro solicitado pelo consumidor. De acordo com o governador, a partir de janeiro de 2010 todos os estabelecimentos que se enquadram nos parâmetros da lei deverão estar totalmente adaptados ao programa.
Éder Carvalho Wen - Coordenadoria de Comunicação Social

Empreendedor individual

Relator do projeto que resultou na criação do Empreendedor Individual – a nova figura jurídica que garante a formalização de milhões de trabalhadores por conta própria que recebem até R$ 36 mil por ano – o senador Adelmir Santana (DEM/DF) tem mobilizado sindicatos, empreendedores e entidades para o lançamento do projeto no Distrito Federal, em parceria com o governador José Roberto Arruda e o Sebrae/DF e Sebrae Nacional. O evento de assinatura dos convênios está marcado para quarta-feira (29), às 9h30, no auditório do Centro de Convenções.

A idéia era que o projeto do DF fosse o piloto, pioneiro na busca por adesão dos trabalhadores. São Paulo saiu na frente no lançamento, projeto, mas mesmo sem a assinatura formal dos convênios entre GDF, Sebrae/DF e Sebrae nacional, o DF é o único Estado em que o empreendedor individual realmente pode se cadastrar. Os outros Estados não conseguiram se adequar à rede que integra o Portal do Empreendedor e só resolverão o problema em 90 dias.

A festa de assinatura dos convênios comemora os 442 registros finalizados na Central Fácil, no Setor Comercial Sul, e na Feira do Empreendedor. Mas, de acordo com a Junta Comercial, 727 CNPJ´s já foram gerados no DF até a última sexta-feira.

Com a nova figura, quem trabalha por conta própria poderá contribuir com valores simbólicos à Previdência para ter direito à aposentadoria por invalidez, auxílio-saúde e licença-maternidade, entre outros benefícios. "Vamos fazer um grande trabalho junto aos trabalhadores por conta própria do DF, garantindo Cidadania para mais de cinquenta mil pessoas que hoje estão nessa situação", disse Adelmir, que é presidente Nacional do Conselho do Sebrae.

Marcos Machado

sexta-feira, 24 de julho de 2009

SÍMBOLOS DA CIDADE: Bandeira de Sobradinho


O AUTOR

A idéia do jovem Ludwing Gustav, era retratar de forma simples o que vinha a sua cabeça quando lembrava da cidade. Segundo o artista plástico Thomas Tillmann, pai do autor, o filho dizia enquanto criava a bandeira que a faixa amarela mostrava a subida do Colorado e que o verde vinha das matas que envolviam o percurso. O azul era facilmente visto na parte de cima da paisagem, pois o céu da capital tem uma tonalidade notável. "Ele era inocente e muito criativo, gostava de observar tudo detalhadamente. Quando me contou que ia participar do concurso, já estava com toda a idéia na cabeça", conta o pai

Ludwing Gustav tem hoje 22 anos. É descendente de alemães e atualmente está na Alemanha estudando línguas. Foi para a terra do pai há quase três anos. Estudou música desde pequeno e é apaixonado pelas cifras e melodias extraídas dos instrumentos musicais. Toca piano, flauta e violão clássico, mas sua grande paixão é o violino. Antes de embarcar para a Alemanha fazia apresentações musicais na cidade. Os pais, Thomas e Maria Dolores, ainda moram em Sobradinho, na quadra 9. Em 1988, o garoto participou de todas as solenidades de apresentação da nova bandeira. A imprensa se rendeu a descontração e ao carisma do menino, que vai escrever definitivamente seu nome na história da cidade assim que a nova bandeira for oficializada MEMORIAL DESCRITIVO "BANDEIRA"

O VERDE aliado à natureza, é capaz de nos transmitir tranqüilidade e paz interior.

O AMARELO é fonte de energia luminosa.

O AZUL representando o firmamento, nos estimula a reflexões profundas.

A DIAGONAL transmite idéia de movimento, típico da topografia da Cidade Serrana

Por ASCOM/Gizele Chaves

VIRUS GRIPE A ( H1N1) - ALERTA IMPORTANTE

43 PERGUNTAS E RESPOSTAS:

1 .- P: Quanto tempo pode durar o vírus vivo em uma superfície?
R: Até 10 horas.

2. -P: Qual a utilidade do álcool para limpar as mãos?
R: Deixa o vírus inativo e mata-o.

3 ..- Q: Qual é o meio mais eficaz de infecção deste vírus?
R: O ar não é a forma mais eficaz de transmissão do vírus, o fator mais importante para a fixação do vírus é a umidade, (revestimento do nariz, boca e olhos), o vírus não voa e não atinge mais de um metro distância.

4 .- Q: É fácil a infectar-se em aviões?
R: Não é um meio propício.

5 .- Q: Como posso evitar a infecção?
R:Não levar as mãos ao rosto, olhos, nariz e boca. Não ter contato com pessoas doentes. Lavar as mãos mais de 10 vezes por dia.

6 .- Q: Qual é o período de incubação do vírus?
R: Em média 5 a 7 dias e os sintomas aparecem quase que imediatamente.

7 .- Q: Quando você deve começar a tomar medicação?
R: Se tomada até 72 horas depois, as perspectivas são muito boas, a
melhora é de 100%.

8 .- Q: Qual é a forma como o vírus entra no corpo?
A: Contato ao dar a mão ou beijar na bochecha. Ele penetra pelo nariz, boca e olhos.

9 .- Q: O vírus é letal?
R: Não, o que provoca a morte é a complicação da doença causada pelo vírus, que é pneumonia

10 .- Q: Quais os riscos dos familiares de pessoas que morreram?
R: Elas podem ser portadoras e formam uma cadeia de transmissão.

11 .- Q: A água nas piscinas transmite o vírus?
A: Não, porque ele contém substâncias químicas e clorados

12 .- Q: O que faz o vírus para provocar a morte?
R: Uma cascata de reações, tais como insuficiência respiratória, a pneumonia grave é a causa da morte.

13 .- Q: Quando pode iniciar o contágio, mesmo antes ou só quando os sintomas ocorrem?
R: Desde que se tenha o vírus antes dos sintomas

14 .- Q: Qual é a probabilidade de recaída com a mesma doença?
R: 0%, pois fica-se imune ao vírus.

15 .- Q: Onde é que o vírus se encontra no meio ambiente?
R: Quando uma pessoa contagiada tosse ou espirra , o vírus pode permanecer em superfícies lisas, como portas, dinheiro, papéis, documentos, desde que haja
umidade. Uma vez que não se pode esterilizar o ambiente é extremamente recomendada higiene das mãos.

16 .- Q: Se eu for para um hospital particular podem cobrar-me o remédio?
R: Não, existe um acordo de não cobrar, porque o governo o está proporcionando a todas as instituições de saúde públicas e privadas.

17 .- Q: O vírus ataca mais os asmáticos?
R: Sim, esse pacientes são mais sensíveis, mas este é um germe novo, todos são igualmente suscetíveis.

18 .- Q: Qual é a população que este vírus está atacando?
R: 20 a 50 anos de idade.

19 .- Q: A máscara é útil para cobrir a boca?
R: Há algumas melhores do que outras, mas se você for saudável é contraproducente, pois o vírus, por seu tamanho, atravessa-a como se ela não existisse e usando a máscara, é criado dentro da área do nariz e da boca um microclima úmido favorável ao desenvolvimento do vírus. Mas se você já está infectado, é melhor usá-la para evitar infectar outras pessoas, neste caso ela é relativamente eficiente.

20 .- Q: Posso fazer exercício ao ar livre?
R: Sim, o vírus não vai para o ar e não tem asas.

21 .- Q: Existe alguma vantagem em tomar vitamina C ?
R: Não serve de nada para evitar a infecção por este vírus, mas ajuda a resistir aos sintomas.

22 .- Q: Quem está a salvo da doença ou quem é menos suscetível?
R: Não há ninguém a salvo, o que ajuda é a higiene dentro de casa, escritório, utensílios e não ir a lugares públicos.

23 .- Q: Será que o vírus se move?
R: Não, o vírus não tem nem pernas nem asas, só com um empurrão para entrar no interior do corpo.

24 .- Q: Os bichos de estimação podem propagar o vírus?
R: Este vírus não, talvez alguns outros vírus.

25 .- Q: Se eu for a um velório de alguém que morreu deste vírus posso infectar-me?
R: NÃO.

26 .- Q: Qual é o risco de mulheres grávidas com o vírus?
R: As mulheres grávidas têm o mesmo risco de qualquer pessoa, mas é por dois, elas podem tomar antivirais em caso de infecção, mas com rigorosa
supervisão médica.

27 .- Q: O feto pode ter lesões se uma mulher grávida é infectada por este vírus?
R: Não sabemos o que pode acontecer, pois é um vírus novo.

28 .- Q: Posso tomar ácido acetilsalisílico (aspirina)?
R: Não é recomendado, pode causar outras doenças, a menos que tenha sido receitado para problemas coronários, nesse caso, deve-se continuar.

29 .- Q: Existe alguma vantagem em tomar antivirais antes dos sintomas?
R: Não é bom.

30 .- Q: As pessoas com HIV, diabetes, aids, câncer, etc. podem ter mais complicações do que uma pessoa saudável, quando do contágio pelo vírus?
R: Sim.

31 .- Q: A gripe convencional poderia tornar-se Influenza A?
R: NÃO.

32 .- Q: O que mata o vírus?
R: O sol, mais de 5 dias no ambiente, o sabão, os antivirais específicos, o álcool gel.

33 .- Q: O que fazer para prevenir infecções, nos hospitais, para outros pacientes que não têm o vírus?
R: Isolamento

34 .- Q. O álcool gel é eficaz?
R: Sim, muito eficaz.

35 .- Q: Se eu sou vacinado contra a gripe sazonal eu estou segura?
R: Não serve de nada, ainda não há vacina para o vírus.

36 .- Q: Este vírus está sob controle?
A: Não totalmente, mas estão sendo tomadas medidas agressivas de contenção.

37 .- Q: O que acontece com a mudança de alerta 4 para 5?
R: Fase 4 não é diferente da fase 5, só significa que o vírus se propagou de pessoa a pessoa em mais de 2 países, e a fase 6, é que se propagou para mais de 3 países.

38 ..- P. Quem foi infectado por este vírus e está saudável, é imune?
R: Sim.

39 .- Q: As crianças que têm tosse e constipações podem estar com a gripe A?
R: É pouco provável, as crianças são pouco afetadas.

40 .- Q: Quais medidas as pessoas que trabalham devem tomar?
R: Lave as mãos várias vezes ao dia.

41 .- Q: Eu posso pegá-lo ao ar livre?
R: Se as pessoas estão infectadas e tossem ou espirram perto de você, pode acontecer, mas o ar é um meio de pouco contágio.

42 .- Q: Pode você comer porco?
R: Sim você pode e não há risco de contágio.

43 .- Q: Qual é o fator determinante para saber que o vírus já está sob controle?
R: Embora a epidemia esteja controlada agora, no inverno boreal (hemisfério norte) pode retornar e provavelmente não haverá vacina ainda.

Vem aí a Edição 208 de Julho de 2009 a circular dia 31

Destaque para o que é mito ou verdade sobre a Gripe Suína. São 43 perguntas e respostas sobre como combater essa doença.

NOSSA CIDADE SERRANA TEM MUITAS ESCOLAS - POR MÁRCIA MELLO



A historinha de hoje presta uma homenagem a todas as instituições, que tem a missão divina, de contribuir com pessoas melhores para o planeta.
Bambino, queria muito ser alguém importante quando crescesse.
Resolveu pedir ajuda dos santos e rezou à Santa Rita de Cássia e Santo Elias. Pediu para os dois sexos para não ter briga.
Ele queria ajuda para alcançar seu objetivo.
Começou sua caminhada Passo a Passo e com muita determinação.
Seus professores, atentos as suas respostas, estimulavam sempre a Livre Expressão, afim de valorizar tudo que produzisse.
Afinal, todos são parceiros na força de Educar.
Bambino, sabia que relaxar era importante, então, sempre que podia nadava no Rio Branco, bem perto da sua casa, ou brincava no Jardim do Éden.
Esses dois lugares eram os seus preferidos para repor suas energias.
Um dia de lua cheia , Bambino, que era muito sensível apreciava o céu.
De repente surgem radiantes 7 Estrelas.
Bambino maravilhado com a luz que clareava toda a região, agradeceu a vida , todas as oportunidades.
Passando por uma igreja, entrou orou à Nossa Senhora da Piedade.
Feliz da vida Bambino foi dormir ,certo de que no dia seguinte teria forças para continuar seu caminho.
Qualquer hora vamos ouvir falar de Bambino, como um grande representante da nossa cidade.

Campeão Fraldinha - GRÊMIO

Campeão Pré-Mirim - CORINTHIANS

Campeão Mirim - PALMEIRAS

Campeão Infantil - SÃO CAETANO

Campeonato Interno de Futsal de Base - COPA ADMINISTRADOR ALEXANDRE YANES

No período de 06 de junho a 05 de julho, cerca de 290 alunos do Projeto Esportivo da Administração Regional da faixa etária de 07 a 15 anos, divididos nas categorias Fraldinha, Pré-Mirim, Mirim e Infantil correram atrás da gorduchinha lá no monumental Ginásio de Esportes e foram prestigiados e aplaudidos por um excelente público em todas as rodadas. A competição que em homenagem às equipes das séries “A” e “B” do Campeonato Brasileiro foram assim distribuídas: FRALDINHA: Grêmio, Internacional, Botafogo, Náutico, Sport e Fluminense; PRÈ-MIRIM: Cruzeiro, Corinthians, Flamengo, São Paulo, Vasco e Atlético-MG; MIRIM: Ponte Preta, Santos, Guarani, Ipatinga, Brasiliense, Coritiba, Palmeiras, Atlético-PR, Vitória e Goiás; INFANTIL: Barueri, São Caetano, Portuguesa, Avaí, Santo André e Paraná. Foram realizados 59 jogos com 357 gols marcados, uma média de 6.05 por partida. Nas finalíssimas que aconteceram no dia 05 de julho, com um público espetacular vibrando com a exibição do meninos bons de bola, o São Caetano goleou o Avaí por 4X1 na categoria Infantil e levou o título maior. Na categoria Mirim, o Palmeiras goleou o Santos também por 4X1 e conquistou a primeira colocação. Coincidentemente, o placar da categoria Pré-Mirim foi de 4X1 para o Corinthians em cima do Cruzeiro e no melhor e sensacional jogo da rodada entre os pequeninos Fraldinhas, no clássico Grenal, o Grêmio bateu de 4X3 no Internacional e azulou as arquibancadas do Ginásio de Esportes. (VEJA A SEGUIR, OS TIMES CAMPEÕES E ALGUNS REGISTROS DA SOLENIDADE DE PREMIAÇÃO):

DIRIGENTE EM DESTAQUE



Treinador Gileno
Treinador Pré-Mirim do Cruzeiro/Seguros BRB
Conquistar títulos na carreira do formador de talentos de futebol já é um acontecimento constante e normal nas competições realizadas aqui no DF em outras localidades brasileiras, onde a sua equipe participa de torneios de férias, envolvendo Agremiações de diversos estados brasileiros e até de cidades do exterior. A didática demonstrada na forma de orientar, é facilmente entendida pelos seus comandados e a aprendizagem, aplicação e a união do grupo, é a razão principal das últimas conquistas. PARABÉNS CAMPEÃO PELAS VITÓRIAS!!!!

OUTROS TÍTULOS
2009 – Vice-Campeão Invicto da Copa Vale do Paranapanema em Colorado do Paraná com a participação de representantes de diversos Clubes profissionais dos grandes centros. A equipe azul bateu todos os jogos que participou e só empatou em 1X1 na finalíssima contra o Camisa 10 de Campinas-SP, perdendo o título nas cobranças de penalidades máximas
2008 – Campeão Invicto da Copa Panamericana em Guararapes-SP. Na finalíssima da competição que envolveu representantes de diversos Clubes da elite profissional brasileira, a equipe azul venceu o Internacional de Araçatuba-SP por 2X0 e além do título de campeão, o atleta e Capitão João Paulo que marcou os 02 gols da vitória, foi o principal goleador com 04 gols marcados e os goleiros Matheus e Adriano foram os menos vazados.
2007 – Campeão Invicto da Copa Dente de Leite do DF. Em 13 jogos, foram 12 vitórias e apenas 01 empate, marcou 57 gols , sofreu apenas 03, os principais artilheiros foram o Danilo e o Yure com 14 gols marcados cada e os goleiros menos vazados foram o Igor e o Matheus Adriano.

GOLEIROS MENOS VAZADOS




Igor e Matheus Adriano foram os principais arqueiros e carregaram a premiação de menos vazados.

ARTILHEIRO



O craque e sempre goleador Yure marcou 21 gols e levou mais um troféu para a sua galeria.

TROFÉU DE CAMPEÃO



O Capitão João Paulo recebeu a premiação das mãos do representante do Secretário José Humberto.

CAMPEÃO ABSOLUTO DA COPA AGAP 2009-



Em pé: Matheus, Adriano, Vinicius, Wilson, Marcos Paulo, Yure, Isaias, Raul, Lucas, Marcos Daniel, Mateus Henrique, Danilo, Luquinha, Igor e João Paulo
Abaixados: Luiz Ricardo, Matheus, Felipe, Caio, João Lucas, Victor, Dodô, Pessoa, Roger, Alexandre, Danilinho, Caiozinho e o mascote João Lucas
Na retaguarda: Wilson (massagista), Laerte (Presidente), Nenên (Aux.Técnico e o Professor Gileno (Treinador).

Depois de passar com facilidade e chegar na primeira colocação na fase de classificação da competição que envolveu as 20 (vinte) melhores equipes da categoria no DF, os comandados do Professor Gileno golearam o Flamengo por 8X1 nas oitavas, bateu no Lion por 2X1 nas quartas, no Guaraense por 2X0 nas semifinais e, na finalíssima lá no gramadão do CAVE no Guará no dia 27.06, com um gol do atacante Danilo, a equipe azul e branca bateu no Santos/APCEF por 1X0 e conquistou o título máximo da temporada. Ao longo da competição, os meninos bons de bola jogaram 13 vezes; foram 12 vitórias e apenas 01 derrota; marcaram 53 gols e sofreram apenas 09. O principal goleador foi Yure com 21 gols e os goleiros menos vazados foram Igor e Matheus Adriano também da equipe azul.

GOLEIRO



O Arqueiro menos vazão foi Paulo Henrique da Cataventos que sofreu apenas 04 gols ao longo da competição. Ele foi representado pelo seu colega de equipe Luis Wellington que recebeu a premiação das mãos do Léozão dos Bakanas.

ARTILHEIRO




O principal goleador Bilzão da Cataventos que marcou 14 gols ao longo da competição recebeu o troféu das mãos do Fábio da Abarka, que na solenidade, representava o Deputado Paulo Tadeu.

VICE-CAMPEÃO




A Premiação foi entregue ao Capitão do Internacional pelo brilhante formador de talentos Prof. Turchiello

CAMPEÃO



O troféuzão de Campeão Invicto da temporada foi entregue ao Capitão Gerônimo da Cataventos pelo Desportista e Deputado Raad Massouh.

FINALÍSSIMA DO CAMPEONADO DE FUTEBOL MASTER 2009



Em pé: Paulo, Capucho, Claudinho, Bené, Jerônimo, Inácio, Bilzão, Chiquinho, Luis Wellington, Augusto, Homero e Michael
Abaixados: Éder, Rogerinho, Peri, Zé-Nilo, Paulinho, Marco Antonio, Adílio, Lima, Piauí, Joel e Batatinha


Depois de uma espetacular campanha na fase de classificação, foram 09 jogos, 08 vitórias e apenas 01 empate, 25 pontos ganhos, 34 gols prós, 11 contra, um saldo de 23 positivos, os comandados do treinador Homero Golearam o União por 8x0 nas quartas de final, aplicou outra goleada de 6x2 no Master na semifinal e confirmando a sua ótima performance na finalíssima, goleou também a forte equipe do Internacional por 4x1.

O JOGO:
Aos 02 minutos de jogo, o numero 10 do Internacional, tirou a bola com a mão lá no ângulo direito do goleiro Ataide, foi expulso e cometeu a penalidade máxima que foi desperdiçada pela Cataventos, com a bola batendo na trave. Aos 05 minutos, o atacante Rogerinho da Cataventos sofreu pênalti, o atleta João Luíz não perdoou, converteu e colocou o Internacional na frente. O empate veio logo aos 17 minutos com uma cabeçada indefensável do atacante Augusto e aos 30 ainda do primeiro tempo, Augusto marcou de novo e virou o jogo. Aos 07 minutos da segunda etapa, Eder marcou o 3° e aos 20 de cabeça, o lateral Piauí marcou o quarto tempo e fechou a goleada. Bilzão da Cataventos foi o principal goleador com 14 gols marcados e Paulo Victor também da Cataventos foi o goleiro menos vazado com apenas 04 gols sofridos. A competição que teve início no dia 18 de abril e rolou até 04.07 com a participação de aproximadamente 350 atletas com idade igual ou superior a 40 anos, promoveu a realização de grandes jogos aos sábados pela manhã nos gramadões da Embrapa, Bakanas, União e Sodeso sob a organização e administração da Liga das Associações Desportivas de Sobradinho-LADES e teve a participação das seguintes equipes: América, Bakanas, Botafogo, Cataventos, Dominados, Embrapa, Internacional, Master, Mistura Fina e União. Foram realizados 97 jogos, com 226 gols marcados, uma média de 2.22 por partida. VEJA A SEGUIR ALGUNS REGISTROS DA SOLENIDADE DE PREMIAÇÃO :

A FALTA QUE A ARTE FAZ

Por GERALDO LIMA

O esperado realmente aconteceu: picharam as paradas de ônibus, danificando as pinturas feitas pelos artistas da cidade. Parece-me que isso não tem solução, pelo menos a curto prazo. Leis estão sendo elaboradas (até que enfim!) para tornar mais restrito o acesso ao spray (que acaba entrando como vilão nessa história pelo mau uso que vem sendo feito dele): só será vendido a maiores de dezoito anos e com a identificação do RG. Além disso, a nota fiscal emitida terá a identificação do comprador. Eu iria ainda mais longe (não sei se isso está previsto na Lei que tramita na Câmara dos Deputados): cada lote de spray teria uma identificação, um código, o que permitiria rastreá-lo e saber a qual estabelecimento comercial ele foi vendido.

Bom, toda essa movimentação do Legislativo nos anima, mas, levando em conta que as Leis nem sempre são cumpridas no Brasil, é melhor não festejar muito.
Creio que junto com o rigor da Lei deve ser intensificada também a oferta de programas sociais nas áreas de Cultura, Esporte e Educação. È preciso não ter dó de aplicar verbas públicas (cabe também aqui a parceria da iniciativa privada) nessas áreas. O contingente de jovens pichadores é muito grande, e só o trabalho do Picasso Não Pichava e de outros grupos não vai surtir muito efeito. A verdade é que o Estado brasileiro tem se omitido muito na oferta de ocupação para os jovens. Reduziram o tamanho do Estado para nada! Para agravar mais a situação, ao Estado inoperante junta-se a família ausente: o que falta a muito desses meninos que picham tudo o que veem pela frente é alguém que oriente a sua vida, alguém que cobre deles o respeito ao próximo e à coisa pública. Estão sozinhos no mundo. Estão soltos na cidade, agindo do jeito que bem querem. Assim, é preciso cobrar responsabilidade da família também.

A proposta de trabalho do artista plástico Toninho de Souza (atrair os jovens pichadores e transformar seus rabiscos em arte, ou seja, levá-los a uma visão estética da arte) e a do pessoal do Picasso Não Pichava (que vai também no mesmo rumo: transformar os pichadores em grafiteiros) são muito boas, mas devem estar ligadas a outras ações, entre elas o oferecimento dos bens culturais de boa qualidade aos jovens, principalmente aos da periferia.

O grafite há muito deixou de ser marginal. Os grafiteiros Os Gêmeos e Nunca (todos de São Paulo) já ganharam o mundo com a sua arte feita antes só nas ruas, em viadutos, pontes, paredes etc. Agora expõem em galerias europeias. O grafiteiro Nunca, por exemplo, esteve recentemente com uma exposição em Paris e, logo na abertura, no vernissage, já havia vendido oito das doze telas expostas. Os Gêmeos (ou Osgemeos, como costumam assinar) já foram contratados pela Nike para fazer a parte gráfica de um documentário patrocinado pela marca. Ou seja, quando essa atitude de deixar sua marca no espaço urbano ganha status de arte, ou melhor, quando seus executores afastam-se do mero vandalismo e conseguem teorizar sobre a obra que estão produzindo, a coisa muda: o discurso e a prática tomam um sentido positivo.

Assisti, este ano, a uma peça muito interessante que aborda exatamente o universo desses artistas de rua. Chama-se Graphic e foi encenada pelo Vigor Mortis, um grupo de teatro do Sul. Na peça pudemos ver como esses jovens, embora agindo de maneira marginal, furtiva, têm uma noção estética do seu trabalho. Ao uso do stêncil e de outras técnicas gráficas alia-se uma compreensão do efeito artístico da marca que deixam no espaço urbano. Junta-se a isso uma discussão existencial do fato de a vida está cindida entre o querer ser artista, viver da sua arte, e o ter que cumprir uma rotina completamente alienada, longe do universo pelo qual anseiam. É a esse tipo de bem cultural que os nossos jovens da periferia têm que ter acesso. Sem isso, continuarão apenas atentando contra o bem alheio e contra o patrimônio público.

Geraldo Lima é autor dos livros A noite dos vagalumes (contos, Prêmio Bolsa Brasília de Produção Literária, FCDF), Baque (contos, LGE Editora/FAC), Nuvem muda a todo instante (infantil, LGE Editora) e UM (romance, no prelo).

Trabalho em Equipe

Por Sandson Azevedo

Hoje ao procurarmos emprego, uma das perguntas das entrevistas ou obrigatória nos currículos é a capacidade de se trabalhar em equipe. Mas o que isso quer dizer? O homen não é um ser sociável, então qual a dificuldade de se trabalhar em equipe?
Trabalhar em equipe é principalmente saber lidar com as diferenças. As pessoas são diferentes em seu modo de agir, atitudes, de se relacionar com o ambiente e com as pessoas. Por isso trabalhar em equipe é compreender as necessidades individuais de cada um, e saber conviver com elas, possibilitando assim extrair de cada um o seu melhor.
Os seres humanos, por sua vaidade nata, é comumente individualista dificultando a percepção das qualidades dos outros indivíduos e buscando ressaltar as suas. Esse dilema, conflito interior é que dificulta o trabalho em equipe. É necessário o desprendimento das vaidades e a busca pelo foco na atividade, no objetivo e entender como você pode contribuir para sua equipe ter êxito.
Procure ser paciente, aceitar sugestões, em vez de criticar sugerir, participar, dividir, planejar, dialogar e principalmente: aproveitar.
Você pode fazer da sua equipe, do seu trabalho um ambiente melhor e mais proveitoso. Eu penso assim e você? Mande-nos um e-mail: pensadorSA@gmail.com.